Covid-19: contágio na Europa multiplica-se por 10 em 10 dias

  • ECO Seguros
  • 14 Março 2020

O número de infeções na Europa cresceu mais de 10 vezes entre 2 e 12 março. 13 de fevereiro e 13 de março lideram a estatística diária. Os 5 países com mais casos no mundo representam 87% da pandemia.

A Europa apresentava 29,3 mil contagiados confirmados à vista dos dados atualizados a 12 março, contra 2,7 mil dez dias antes, uma progressão de 922% em menos de duas semanas. Em termos acumulados, desde os primeiros três casos confirmados no velho continente a 24 de janeiro e até 13 de março, a Europa contabilizou 1 514 mortos.

A progressão verificada no número de doentes transformou a Europa “o novo epicentro da pandemia” do novo coronavírus, com mais casos diários e mortes “do que a China no auge da sua epidemia”, referiu na sexta-feira dia 13, Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor geral da OMS, no briefing diário à imprensa sobre a evolução internacional da doença.

A 13 de março, a Europa contabilizava 36 244 casos confirmados e 1 514 vítimas fatais, segundo números atualizados pelas 23:30 dessa sexta-feira. Desde 24 de janeiro, o aumento exponencial passou de três casos para mais de 36 mil doentes.

Portugal (colocado em estado de alerta), com 112 casos de infeção confirmada, era a 12 de março o 17º país mais atingido entre 50 Estados europeus com casos confirmados. Segundo especialistas, o pico (na Europa) está ainda por alcançar sendo que o cenário assumido em Portugal (10 semanas) aponta para maio.

Entre os mais atingidos na Europa, de acordo estatísticas da OMS até 12 de março: Itália (15 113 mil infetados, 1016 mortos) sendo agora o 2º mais atingido do mundo em número de infeções; Espanha (2 965 casos, 84 mortos); França (2 876, registando 61 mortos); Alemanha (2 369, cinco mortos) e Suíça (858, com seis mortos), completavam a lista dos cinco com mais doentes de Covid-19 confirmados na Europa.

Na mesma data, a pandemia atingia 123 países e territórios em todo o mundo, somando 136,9 mil casos confirmados (incluindo pessoas entretanto consideradas curadas) e um balanço de 5 077 mortos, contabiliza a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Curiosamente, 13 de fevereiro e 13 março foram os dois dias com mais casos confirmados de contágio a nível global, respetivamente, 15,2 mil e 11,6 mil em acréscimo diário absoluto.

Entre os 10 países com mais casos confirmados, seis eram europeus. Excluindo os da Europa, China, Irão, Coreia do Sul e Estados Unidos eram, pela mesma ordem, os que apresentavam maior número de casos confirmados.

Os cinco mais infetados (China 80 981 casos; Itália 15 113; Irão 11 363; Coreia do Sul 7 979 e Espanha 4 209) representavam cerca de 119,65 mil casos confirmados, ou 87,4% do total mundial.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Covid-19: contágio na Europa multiplica-se por 10 em 10 dias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião