Laboratórios privados lucram 2,6 milhões por dia com testes ao coronavírus

  • ECO
  • 23 Março 2020

Está a aumentar a procura por laboratórios privados para fazer testes ao coronavírus. E não apenas por parte dos utentes, mas também do Governo. Médicos desconfiam da capacidade do SNS.

O aumento da procura pelos laboratórios privados para fazer testes ao coronavírus está a fazer engordar os cofres destas empresas, avança o Correio da Manhã (acesso pago). Estão a render cerca de 2,6 milhões de euros por dia, numa altura em que a capacidades destas empresas é bastante superior à do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Não são apenas os utentes que procuram os laboratórios privados. O próprio Governo também o faz e até já estabeleceu protocolos de cooperação com várias entidades. Isto justifica-se com o facto de estas empresas terem uma capacidade superior — 17.000 testes por dia — à do SNS — 9.000 testes, referiu a ministra da Saúde.

O secretário-geral do Sindicato Independente dos Médicos (SIM) desconfia destes números do SNS. “Se existissem efetivamente 9 mil testes por dia, a linha SNS 24 não demorava quatro dias a dar autorização a casos suspeitos, que estiveram em contacto com infetados e que tinham sintomas, para fazer o rastreio”, disse Roque da Cunha, ao CM, acrescentando que “já deu para perceber que se forem 1.200 os testes feitos pelo conjunto de hospitais públicos, é muito”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Laboratórios privados lucram 2,6 milhões por dia com testes ao coronavírus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião