Ações europeias brilham com estímulos nos EUA. PSI-20 ganha 4%

A Europa acompanha os ganhos na Ásia, depois de o presidente Donald Trump ter garantido que a economia norte-americana não ficará interrompida durante muito tempo.

Os estímulos anunciados nos Estados Unidos estão a servir de balão de oxigénio para as bolsas europeias, que fazem esta terça-feira uma pausa nas desvalorizações. As principais praças negoceiam em terreno positivo, com o português PSI-20 a ganhar 4,2% para 3.750,060 pontos, com todas as 18 cotadas a subirem mais de 2,5%. O índice de referência nacional afasta-se, assim, de mínimos históricos.

Ibersol, Mota-Engil e Pharol lideram os ganhos, com valorizações próximas de 7%. No papel e pasta de papel, a Semapa sobe 6,2%, a Altri 5,35% e a Navigator 5,04%. Já no retalho, a Jerónimo Martins avança 5,05% e a Sonae 2,45%. O BCP valoriza 2,9% para 0,1035 euros por ação.

Na energia, a EDP avança 4,11% para 3,26 euros e a EDP Renováveis sobe 3,82% para 9,23 euros. A Galp Energia soma 3,86% para 8,62 euros, numa altura em que também os preços do petróleo recuperam.

A Europa acompanha, assim, os ganhos na Ásia, depois de o presidente Donald Trump ter dito que a economia norte-americana não ficará interrompida durante muito tempo. Garantiu que o país não foi construído para ser bloqueado e afirmou ainda que os EUA não podem deixar que a cura para o coronavírus seja pior que a doença.

A Presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, anunciou estímulos fiscais de 2,5 biliões de dólares numa tentativa de salvar as negociações no Senado após o plano inicial não ter sido aprovado esta segunda-feira. Também Reserva Federal retirou os limites para comprar dívida pública e privada do país.

O Stoxx 600 avança 1,9%, o alemão DAX dispara 5,7%, o francês CAC 40 sobe 3,3% e o espanhol IBEX 35 soma 3,4%. E o sentimento positivo poderá ser reforçado numa altura em que os investidores esperam a reunião do Eurogrupo que irá discutir, esta tarde, soluções para apoiar a economia europeia.

(Notícia atualizada às 08h20)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ações europeias brilham com estímulos nos EUA. PSI-20 ganha 4%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião