Câmara de Lisboa adia pagamento de rendas municipais até 30 de junho

  • Lusa
  • 24 Março 2020

Medida vai abranger 24 mil famílias, num valor estimado de cinco milhões de euros. Câmara de Lisboa vai adiar pagamento das rendas de casas municipais até 30 de junho.

A Câmara de Lisboa anunciou que vai adiar o pagamento das rendas em todos os fogos municipais até 30 de junho devido ao surto do Covid-19, medida que abrange 24 mil famílias, num valor estimado de 5 milhões de euros.

Numa informação enviada à Lusa, fonte da autarquia explicou que, após este período de suspensão do pagamento das rendas, “o valor que não foi cobrado poderá ser liquidado durante 18 meses, sem qualquer juro ou penalização“.

“A qualquer momento as famílias poderão solicitar a reavaliação do valor das rendas, nomeadamente por diminuição de rendimentos do agregado, por razão de desemprego ou acentuada quebra de rendimentos”, avançou fonte do município de Lisboa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Câmara de Lisboa adia pagamento de rendas municipais até 30 de junho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião