Comércio externo de bens da União Europeia com excedente de 197 mil milhões de euros

  • Lusa
  • 25 Março 2020

As exportações da União Europeia para o resto do mundo fixaram-se nos 2.132 mil milhões de euros e as importações chegaram aos 1.935 mil milhões de euros, em 2019.

A balança do comércio internacional de bens da União Europeia (UE) registou, no ano passado, um excedente de 197 mil milhões de euros, acima do de 152 mil milhões de 2018, divulgou esta quarta-feira o Eurostat.

As exportações da UE para o resto do mundo fixaram-se nos 2.132 mil milhões de euros e as importações chegaram aos 1.935 mil milhões de euros, em 2019.

Em quase todos os Estados-membros, o principal parceiro comercial das suas exportações é outro membro do bloco, à exceção da Alemanha e da Irlanda, que têm os Estados Unidos da América como o principal importador dos seus bens, da Suécia (Noruega) e Lituânia (Rússia).

O principal destino das exportações portuguesas foi a Espanha (25% do valor comercial de 2019), seguindo-se a França (13%) e a Alemanha (12%).

Na UE, a balança comercial externa de bens tem registado um contínuo excedente, que atingiu um pico de 264 mil milhões de euros em 2016, tendo abrandado em 2017 e 2018 para voltar a acelerar no ano passado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Comércio externo de bens da União Europeia com excedente de 197 mil milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião