Dona do Minipreço dá “bónus” de 250 euros aos trabalhadores

Os colaboradores do grupo DIA Portugal vão receber um "bónus" de 250 euros em abril, como forma de "reconhecimento pela sua dedicação e esforço durante a crise do coronavírus", prometeu a empresa.

A DIA Portugal, dona das marcas Minipreço, Clarel e Mais Perto, vai pagar 250 euros a cada um dos seus colaboradores, como “reconhecimento pela sua dedicação e esforço durante a crise do coronavírus”. Em termos globais, serão cerca de 1,3 milhões a serem distribuídos pelos funcionários.

Num vídeo dirigido aos trabalhadores, o presidente executivo da DIA Portugal destaca o papel fundamental dos colaboradores para “servirem a população portuguesa em circunstâncias particularmente difíceis” e, por isso, anuncia que “o DIA decidiu partilhar cerca de 1,3 milhões de euros entre todos os colaboradores“, onde se incluem funcionários de lojas próprias, franquias e equipas de apoio.

Todos receberão, no próximo mês de abril, uma gratificação especial de 250 euros”, disse Miguel Guinea. A atribuição deste “bónus” é justificada como forma de agradecimento pelo esforço dos colaboradores para que “milhares de portugueses conseguissem abastecer os seus lares e alimentassem as suas famílias”, acrescenta.

Em Portugal, a retalhista conta com um total de 3.668 colaboradores e 256 franqueados que empregam 1.649 pessoas, que trabalham numa rede de 641 lojas e 3 armazéns por todo o país.

Esta não é a primeira empresa a dar “bónus” aos seus trabalhadores pelo trabalho desempenhado durante a pandemia. Também a PSA Sines decidiu dar mais 300 euros aos seus trabalhadores, de forma a ajudar os funcionários a ultrapassarem os constrangimentos provocados pelo novo coronavírus.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dona do Minipreço dá “bónus” de 250 euros aos trabalhadores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião