UEFA quer retomar campeonatos de futebol no verão

A UEFA manifestou o desejo de retomar o que resta das competições de futebol no verão, mas o recomeço estará sempre dependente da evolução da pandemia.

A União das Associações Europeias de Futebol (UEFA), organismo que tutela o futebol europeu, pretende que os campeonatos na Europa voltem ao ativo no verão. A vontade foi manifestada após a reunião desta quarta-feira com os 55 representantes das federações do continente, avança o jornal desportivo Marca (acesso livre e conteúdo em espanhol).

Por isso, sendo possível o alargamento das competições até julho e eventualmente agosto, a UEFA já veio confirmar o cancelamento dos jogos particulares entre seleções agendados para o início de junho de modo a ganhar datas disponíveis no calendário dos clubes.

Contudo, a decisão de retomar o que resta da temporada de futebol 2019/20 estará sempre dependente da evolução do surto de Covid-19 que assola a Europa e que obrigou a fortes medidas de contenção e da decisão dos próprios governos de cada país.

Depois do adiamento do Euro 2020, a atenção centra-se agora nas competições europeias de clubes. O Guardian (acesso livre e conteúdo em inglês) avança que a UEFA está à procura de uma solução para terminar a Liga dos Campeões e Liga Europa em agosto.

Em Portugal, o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, juntamente com o presidente da Liga, Pedro Proença, vão reunir com os presidentes dos clubes das ligas profissionais de modo a encontrar uma solução conjunta para terminar as competições.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

UEFA quer retomar campeonatos de futebol no verão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião