EDP cai 1,5% após ataque informático. Lisboa mantém-se nos ganhos

A bolsa de Lisboa está a ganhar mais de 1%, caminhando para a quinta sessão consecutiva de ganhos. A EDP, por sua vez, cai mais de 1,5%, depois de ter sido alvo de um ataque informático.

A bolsa nacional abriu a primeira sessão da semana (esta segunda-feira o PSI-20 esteve encerrado) em terreno positivo, caminhando para a quinta sessão consecutiva no verde, com a maioria das cotadas a valorizar. Entre as 18 empresas nacionais, destaque para os títulos do BCP, que sobem mais de 1,17%, enquanto as ações da EDP estão em queda.

O PSI-20 está a somar 1,75% para 4.269,77 pontos, depois de ter subido mais de 3% na sessão anterior, representando o maior ciclo de ganhos desde janeiro. A contribuir para este desempenho do principal índice bolsista nacional estão as ações da Nos, que sobem 2,16% para 3,312 euros, e as da Jerónimo Martins, que avançam 1,78% para 15,41 euros.

Nos “pesos pesados” da bolsa de Lisboa, destaque para o BCP que soma 1,17% para 0,1042 euros. No setor energético, a EDP Renováveis valoriza 1,68% para 10,92 euros, enquanto a Galp Energia cresce 3,21% para 10,58 euros, numa altura em que o preço do barril de petróleo está a valorizar nos mercados internacionais.

Por sua vez, a pressionar o índice estão as ações da EDP, que recuam 1,65% para 3,701 euros, um dia depois de a elétrica ter sido alvo de um ataque informático.

Lisboa acompanha, assim, a tendência positiva que se observa no resto da Europa, com o índice de referência europeu, Stoxx-600, a valorizar 1,16% para 335,66 pontos. O espanhol Ibex-35 soma 1,10%, o francês CAC-40 avança 0,23% e o alemão DAX cresce 1,24%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP cai 1,5% após ataque informático. Lisboa mantém-se nos ganhos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião