Australiana QBE lança aumento de capital prevenindo efeitos da pandemia

  • ECO Seguros
  • 21 Abril 2020

A segunda maior seguradora australiana decidiu avançar já para um importante aumento de capital, um passo “decisivo e preventivo” no mercado de capitais face ao cenário da crise pandémica.

Os bancos Goldman Sachs e JP Morgan Chase estão envolvidos na colocação. Informação do QBE Insurance Goup dirigida à bolsa de Sydney (ASX) revela que a operação visa levantar 825 milhões de dólares (dos EUA) para reforço do balanço. A oferta de capital em bolsa prevê captar 750 milhões junto de investidores institucionais, a que acrescem 75 milhões de dólares através de um plano de recompra de ações próprias.

O aumento de capital prevê a emissão de 145,5 milhões de ações novas, a 8,25 dólares australianos cada (a desconto de quase 9,5% face ao preço de fecho bolsista no passado dia 9 de abril). Com base nestes valores, a operação permitirá um encaixe estimado de 1,2 mil milhões de dólares australianos (cerca de 700 milhões de euros ao câmbio corrente).

Este passo é justificado por Pat Regan, CEO da QBE, como medida necessária para enfrentar o “cenário extraordinariamente difícil” que se avizinha. “O plano de capital que delineámos posiciona-nos para navegar neste período de extrema incerteza (…) e dá-nos a flexibilidade necessária para procurar oportunidades de crescimento orgânico que surjam a médio prazo”, afirmou Regan citado pela Reuters.

Numa apresentação dirigida a investidores, Pat Regan, citado pelo jornal The Sydney Morning Herald, explicou tratar-se de uma medida estratégica “preventiva e decisiva” que reforçará as reservas de capital do grupo QBE “para cerca do dobro dos requisitos prudenciais”, assegurando ainda disponibilidade de tesouraria para oportunidades de crescimento [aquisições] quando a crise passar, reiterou.

Os detalhes do aumento de capital são conhecidos junto com informação intercalar da companhia, indicando um incremento superior a 8% em volume de prémios brutos no seu primeiro trimestre fiscal, para uma cifra acima de 4,5 mil milhões de dólares, indicam números avançados pela Reuters.

O grupo QBE, presente no mercado ibérico a partir de representação em Espanha, opera em seguros de crédito comercial, hipotecário (crédito habitação), propriedade e viagens, entre outros, além de desenvolver atividade em resseguros.

A companhia australiana encerrou 2019 com lucros de 550 milhões de dólares, mais 41% do que um ano antes, fixando um rácio combinado de 97,5%, acima do objetivo estabelecido para o exercício (94,5%-96,5%).

Na semana passada, o QBE Insurance Group anunciou a nomeação de Jason Harris, ex dirigente na AxaXL com passagem anterior na AIG e na Chubb, para o cargo de CEO da divisão internacional, que integra a Europa. Harris vai substituir Richard Pryce, que se reforma no final do ano. O novo reforço da QBE vai reportar diretamente a Pat Regan e terá um lugar no comité executivo do grupo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Australiana QBE lança aumento de capital prevenindo efeitos da pandemia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião