Ryanair vai voar diariamente entre Porto e Londres a partir de 22 de maio

A companhia irlandesa acrescentou a ligação Porto-Londres à sua lista de programação reduzida de voos, que foi prolongada até 28 de maio.

Daqui a uns dias, já vai ser possível voar para Londres com a Ryanair, desde que a partida seja no Porto. A companhia irlandesa anunciou esta sexta-feira que acrescentou esta rota à lista de voos reduzidos que planeou para este mês, e que vai ser prolongada até 28 de maio. Com mais de 99% dos aviões em terra, as expectativas são de um regresso dos voos regulares em julho.

“A Ryanair acrescentou a rota entre o Porto e Londres Stansted à sua programação reduzida de voos, que funcionará com um serviço diário a partir de 22 de maio“, diz a empresa, em comunicado, explicando que, com todas as restrições impostas pelos vários países da União Europeia, “mais de 99% dos aviões ficarão em terra nas próximas semanas”.

Programação reduzida de voos da Ryanair até 28 de maio.

A Ryanair já tinha preparada a lista reduzida de voos que ia manter — diária ou semanalmente — até 22 de maio, mas decidiu estender esse prazo até 28 de maio. A companhia low-cost diz estar a “trabalhar com os Governos da UE para tentar manter abertas algumas ligações aéreas mínimas por razões de emergência, apesar da ocupação de passageiros ser muito baixa nestes voos“.

Em comunicado, a responsável de comunicação da Ryanair sublinha que “todas as aeronaves são desinfetadas diariamente”. “Neste momento, esperamos que os voos regulares regressem em julho. Apoiamos as medidas tomadas pelos Governos da UE para combater o vírus e esperamos que se implemente um plano coordenado para levantar as restrições de viagem assim que a Europa estiver pronta para voltar a voar”, completa Susana Brito.

Recorde-se que, esta semana, foi a vez da TAP revelar a lista de voos para este mês, que serão retomados a 18 de maio e incluem 71 rotas a partir de Lisboa e apenas três do Porto. A empresa notou que “esta lista de rotas pode ser ajustada sempre que as circunstâncias assim o exijam”, isto porque, como apurou o ECO, a estratégia passa por ir arriscando a retoma de voos para alguns destinos para perceber se há viajantes interessados.

Esta quinta-feira, Rui Rio não viu com bons olhos esta decisão da companhia aérea no que diz respeito ao Porto e, durante o debate quinzenal, acabou mesmo por questionar António Costa se concordava com esta diferença no número de rotas entre as duas principais cidades do país. “O setor exportador está no norte”, disse o social-democrata.

Qatar Airways prevê retomar voos para Portugal a 1 de julho

Também esta sexta-feira, a Qatar Airways anunciou que vai retomar a operação de forma faseada, prevendo chegar em maio a 52 destinos e a 80 em junho, antecipando voltar a voar para Portugal a partir de 1 de julho.

Em comunicado, a companhia aérea informa que vai retomar gradualmente os destinos suspensos e frequências adicionais, em linha com o relaxamento expectável das restrições de entrada nos países, para tentar minimizar a expansão da pandemia de covid-19, com foco em destinos-chave globais e hubs de parceiros”.

Ainda sujeito a aprovação das entidades reguladoras, assim como autorizações necessárias por parte do Governo português e demais autoridades envolvidas, a Qatar Airways prevê que Portugal regresse a esta mesma rede a 1 de julho, com quatro voos semanais na rota Lisboa-Doha durante julho e agosto.

No mesmo comunicado, a companhia aérea informa que tem mantido voos agendados, “dentro do possível, para pelo menos 30 destinos durante esta crise e para todos os continentes”, tendo ajudado “a levar mais de um milhão de pessoas de volta a casa”.

( Notícia atualizada às 14h15 com a informação sobre a Qatar Airways)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ryanair vai voar diariamente entre Porto e Londres a partir de 22 de maio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião