Revolut lança contas para crianças com mais de 7 anos. E tem um cartão bancário

O Revolut Junior chegou a Portugal e permite criar "contas bancárias" para os mais novos, bem como pedir um cartão. Mas os pais é que mandam, podendo impor vários limites.

A Revolut lançou um serviço que permite aos pais criarem e gerirem uma conta bancária dedicada aos filhos menores. A novidade chama-se Revolut Junior e está disponível em Portugal a partir desta quarta-feira, mas apenas para os utilizadores que tenham uma subscrição paga do banco digital.

O Revolut Junior funciona como uma subconta da Revolut. Os pais que tenham filhos com idade entre os 7 e os 17 anos podem abrir uma conta Junior para cada menor e detendo todo o controlo sobre a mesma. A conta permite pedir também um cartão bancário para os filhos menores, sujeito a restrições controladas pelo adulto responsável.

“Através da sua própria conta Revolut, os pais poderão gerir as mesadas ou semanadas das crianças, assim como o seu próprio saldo, tudo num local seguro”, promete a fintech britânica num comunicado. “Isto inclui a possibilidade de transferir dinheiro de forma instantânea e direta para a conta dos mais novos, assim como ter acesso aos movimentos e transações”, explica a empresa.

Desta forma, os pais podem receber notificações “que os alertam para os gastos dos filhos” e são também disponibilizadas “ferramentas de segurança que permitem aos tutores controlar o cartão e suas funções”. Ou seja, é possível impedir os menores de fazerem compras online ou de levantarem dinheiro nas caixas Multibanco, garante a Revolut.

Na calha estão também outras funcionalidades que deverão ser acrescentadas “num futuro próximo”. Entre elas está “a definição de agendamento de transferências frequentes, tarefas e objetivos financeiros, opções de poupança, relatórios de gastos, definição de limites de orçamentos” e orientações para promover a literacia financeira das crianças.

De acordo com os termos e condições do serviço Revolut Junior no Reino Unido, o serviço deverá ter, no entanto, alguns limites. Nomeadamente, é limitado o montante que pode ser transferido para a conta do menor, bem como o saldo tem um teto máximo que, na versão britânica, é de 3.000 libras. É também imposto um limite na quantia que pode ser levantada nos terminais ATM e na quantidade de levantamentos por dia e semana.

A empresa alerta ainda que o envio do cartão pode ter um custo associado, que é indicado no momento do pedido de emissão. Além disso, os adultos são legalmente responsabilizados por toda a atividade efetuada pelas crianças.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Revolut lança contas para crianças com mais de 7 anos. E tem um cartão bancário

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião