Jogos à porta fechada. Benfica devolve “dinheiro” aos sócios com Red Pass

Clube encarnado começou esta terça-feira a devolver o valor dos cinco jogos aos quais os sócios não vão poder assistir ao vivo no Estádio da Luz devido à pandemia.

O Benfica vai avançar com a compensação dos sócios detentores de Red Pass — lugar anual no Estádio da Luz — que não vão poder assistir aos últimos cinco jogos em casa do clube encarnado. A quantia proporcional a esses jogos já começou a ser recebida pelos sócios e está disponível na “carteira virtual” da aplicação no telemóvel.

“Dada a impossibilidade de os Sócios detentores de Red Pass assistirem aos cinco jogos que faltam no Estádio do Sport Lisboa e Benfica, o Clube tomou a decisão de atribuir uma compensação de valor proporcional a esse número de jogos que não estarão abertos ao público”, diz o clube em comunicado.

“Os detentores de Camarotes e Executive Seats também serão compensados através da disponibilização de contrapartidas de valor proporcional aos cinco jogos que faltam disputar no Estádio da Luz, podendo esses valores ser usados no decorrer das próximas duas épocas desportivas (até 30 de junho de 2022)”, nota.

Devido à pandemia do Covid-19 foi decretado que as restantes 10 jornadas da Liga Nos vão ser jogadas à porta fechada. Até ao final da temperada, o Benfica irá defrontar no estádio da Luz o Tondela, Santa Clara, Boavista, Vit. Guimarães e Sporting.

O “valor será de imediato adicionado à carteira virtual de cada detentor do lugar de época”, acrescenta o mesmo comunicado em que o clube explica que esse “dinheiro” será um crédito para gastar com o Benfica.

“O valor pode ser utilizado para pagamento de produtos Benfica, nomeadamente: produtos oficiais, quotas de Sócio e bilhetes (incluindo Red Pass), em qualquer ponto de venda do Benfica, tais como as Lojas oficiais, Casas do Benfica, Site Oficial em slbenfica.pt, Linha Benfica através do 707 200 100 ou a Venda Online Assistida (VOA) através do 800 20 1904”, remata.

“O Sport Lisboa e Benfica, face à interrupção das competições e incerteza quanto ao futuro imediato, entende ser esta a forma mais justa e equilibrada para compensar todos os Sócios e parceiros Corporativos. Esperando que na próxima época voltemos a estar juntos e com os Estádios de portas abertas”, conclui.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Jogos à porta fechada. Benfica devolve “dinheiro” aos sócios com Red Pass

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião