Nos vai deixar de patrocinar a I Liga em 2021. Objetivos estão “totalmente atingidos”

  • ECO
  • 22 Maio 2020

A Liga de Clubes, presidida por Pedro Proença, informou esta sexta-feira que a empresa deixará ser patrocinador da I Liga de futebol. Nos diz que objetivos estão "totalmente atingidos".

A Liga de Clubes anunciou esta sexta-feira que a Nos não tenciona renovar contrato no final da próxima época, permanecendo assim como principal patrocinador apenas até junho de 2021.

A Liga Portugal foi informada pela Nos da sua intenção em não renovar, no final da próxima época, o contrato de patrocinador principal e naming sponsor da sua principal competição, a Liga Nos, atualmente em vigor até final de junho de 2021″, lê-se no comunicado enviado pela Liga de Futebol.

A Nos justifica esta decisão como resultado de uma avaliação que vem sendo feita há alguns meses, que permitiu concluiu que “o valor que esta parceria representava para ambas as partes e os objetivos que lhe estiveram subjacentes estarão totalmente atingidos”.

Para a empresa de telecomunicações, esta parceria “muito contribuiu para uma maior visibilidade da paixão que une os portugueses” e o futebol português “continuará a merecer um forte envolvimento da Nos, ainda que noutros formatos”. “Continuaremos a assumir um papel ativo, colaborando com todos os agentes da modalidade na construção de um ecossistema que se pretende competitivo e sustentável”, lê-se no comunicado da Nos.

A Liga agradece à Nos, deixando uma “palavra de profunda gratidão à aposta feita” nestes sete anos, tornando a Nos no “naming sponsor exclusivo mais longo da história da I Liga”. Recorde-se que o contrato com a empresa começou em 2014.

“A Liga Nos é, hoje, um produto claramente mais apetecível no mercado comercial, o que acontece fruto do trabalho que tem sido desenvolvido em conjunto pela Liga Portugal e pela Nos”, refere a Liga, acrescentando que o “espírito de cooperação, mas também de valorização, de espetáculo e profissionalismo” vai ser fundamental “nos quase 14 meses de contrato que a Liga Portugal e a Nos têm pela frente”.

“O futebol profissional será o grande vencedor de uma parceria que foi somando pontos ao longo dos anos”, remata a Liga. Já a Nos promete que “até ao final da época de 2020/2021, continuará a trabalhar em estreita colaboração com a Liga, por forma a criar uma competição ainda mais dinâmica, mais interativa e mais espetacular para todos os adeptos de futebol”.

(Notícias atualizada às 18h01 com mais informação)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Nos vai deixar de patrocinar a I Liga em 2021. Objetivos estão “totalmente atingidos”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião