Subsídio de desemprego sobe em abril para o valor mais alto em 15 anos

  • ECO
  • 28 Maio 2020

O valor médio mensal do subsídio de desemprego subiu para os 514,4 euros em abril, numa altura em que se verifica um aumento no número de desempregados.

O valor médio mensal do subsídio de desemprego atingiu os 514,4 euros em abril, o mais elevado em, pelo menos, 15 anos, avança o Expresso (acesso pago). Este é o número mais alto da série de dados mensais da Segurança Social que está disponível e que teve início em 2005.

A série revela que foi durante os anos da troika que se tinham registaram os valores médios mensais mais altos de apoio aos desempregados, em 2011 e 2013. Os dados relativos a abril deste ano, que incluem todas as prestações sociais de desemprego, tinham sido divulgados na semana passada, mas foram agora corrigidos, devido a um erro no ficheiro, adiantou o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

O valor médio destas prestações sociais situa-se apenas 120,6 euros abaixo do valor do salário mínimo (635 euros mensais). Este valor é registado numa altura em que se verifica um aumento no número de desempregados, situação decorrente da pandemia que teve um impacto negativo em muitas empresas e negócios.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Subsídio de desemprego sobe em abril para o valor mais alto em 15 anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião