Montepio vota contas em assembleia-geral a 30 de junho

  • Lusa
  • 29 Maio 2020

Acionistas vão deliberar sobre o relatório de gestão e as contas de 2019, a proposta de aplicação de resultados e a política de remuneração dos órgãos de administração.

Os acionistas do Banco Montepio vão reunir-se, em assembleia-geral, em 30 de junho para votar, entre outros pontos, as contas de 2019 e a proposta de aplicação de resultados.

“Em conformidade com o previsto na lei e nos estatutos do banco Montepio, e a pedido do Conselho de Administração, convoco a assembleia-geral anual da caixa económica Montepio Geral, caixa económica bancária, S.A., para reunir no edifício da Rua do Ouro, nº 219 a 241, 3º andar, em Lisboa, no dia 30 de junho de 2020, pelas 14:30 horas”, lê-se no comunicado remetido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Na reunião, os acionistas vão deliberar sobre o relatório de gestão e as contas de 2019, a proposta de aplicação de resultados, a política de remuneração dos órgãos de administração e fiscalização e a “política de seleção e avaliação da adequação dos MOAF [membros do órgão de administração e fiscalização] e TFE”.

Por outro lado, vão proceder à apreciação da administração e fiscalização do banco, à revisão da política de remunerações também da administração e da fiscalização, bem como votar o regulamento de execução de reforma complementar dos administradores, a política de implantação geográfica e a carta de responsabilidade social.

Em cima da mesa vai estar ainda a votação sobre as condições de emissão do “Finibanco Valor Invest 2020” e a eleição do representante suplente do revisor oficial de contas – PricewaterhouseCoopers & Associados.

O Banco Montepio totalizou 22 milhões de euros de lucro em 2019, mais 60% do que no ano anterior.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Montepio vota contas em assembleia-geral a 30 de junho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião