Oficial: UEFA escolhe Lisboa para “final eight” da Liga dos Campeões

O organismo que tutela o futebol europeu selecionou Lisboa para ser o palco dos quartos-de-final, das meias-finais e ainda da final da Liga dos Campeões.

Depois dos rumores, veio a oficialização. A UEFA anunciou esta quarta-feira que a capital portuguesa foi a escolhida para receber uma espécie de “final eight” da Liga dos Campeões o que engloba os jogos dos quartos-de-final, das meias-finais e a final da prova – que será disputada apenas a uma mão.

Após a reunião do comité executivo da UEFA, o organismo europeu revelou que Lisboa será o palco da mais importante competição de clubes no mundo do futebol entre os dias 12 e 23 de agosto.

De 12 a 15 de agosto serão realizados os jogos dos quartos-de-final e as meias-finais estão agendadas para 18 e 19 do mesmo mês. Por fim, a final terá lugar no dia 23 de agosto, que de acordo com a UEFA ser jogada no Estádio da Luz (Benfica).

A UEFA revelou também que os duelos que faltam disputar dos oitavos-de-final (marcados para os dias 7 e 8 de agosto) podem vir a ser jogados nos recintos desportivos do Porto e Guimarães, caso os países de origem dos clubes qualificados para essa ronda não tenham condições para receber as equipas adversárias.

Os emblemas europeus que ainda esperam jogar a segunda mão dos oitavos-de-final são o Manchester City, Real Madrid, Juventus, Lyon, FC Barcelona, Nápoles, Bayern Munique e, por fim, o Chelsea.

A UEFA deixou em aberto a questão de uma eventual presença de público nos jogos, que decorrerão entre 12 e 23 de agosto, com o presidente do organismo, Aleksander Ceferin, a dizer apenas “que as coisas estão a mudar muito rapidamente”.

Inicialmente, a UEFA escolheu a cidade de Istambul para receber a final da Liga dos Campeões, porém, com o surgimento da pandemia de Covid-19, a cidade turca decidiu anunciar publicamente que não tinha condições para receber o último jogo da prova este ano.

Fernando Gomes diz que Champions só foi possível pelo comportamento dos portugueses

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, disse hoje que só é possível Portugal receber a Liga dos Campeões devido ao “comportamento dos portugueses” no combate à covid-19.

Em grande parte, digo-o com orgulho, receber estes jogos da Champions só é possível pelo comportamento que os portugueses têm tido – e precisam de continuar a ter – no combate sem tréguas à pandemia covid-19”, defendeu Fernando Gomes.

O dirigente máximo do futebol português destacou que receber os jogos da edição 2019/2020 da Liga dos Campeões é “de um valor extraordinário para Portugal”, depois de a UEFA informar hoje que Lisboa será palco de uma final a oito.

Cidade do Porto perde Supertaça Europeia para Budapeste

A Supertaça Europeia de futebol vai ser disputada em Budapeste, em 24 de setembro, em detrimento do Estádio do Dragão, no Porto, anunciou hoje a UEFA.

O embate entre o vencedor das edições de 2019/20 da Liga dos Campeões e da Liga Europa estava marcado para o recinto ‘azul e branco’ em 12 de agosto, tendo sido adiado, devido ao prolongamento da temporada devido à pandemia de covid-19, e remarcado para a capital da Hungria.

(Notícia atualizada pela última vez às 16h02)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Oficial: UEFA escolhe Lisboa para “final eight” da Liga dos Campeões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião