Wall Street sobe em dia de volatilidade da “bruxaria quádrupla”

Os índices norte-americanos abriram em alta na última sessão da semana. Hoje é o dia apelidado de "bruxaria quádrupla" em que expiram várias contratos de opções e futuros.

Wall Street está a negociar em alta no início da sessão desta sexta-feira, com os investidores a afastarem da mente as preocupações relacionadas com o aumento dos casos com coronavírus. Os índices norte-americanos caminham assim para fechar a semana com um ganho semanal. Contudo, a volatilidade deve ser o prato do dia por causa da “bruxaria quádrupla”.

O S&P 500 sobe 1,02% para os 3.147,17 pontos, mantendo-se cerca de 7% abaixo do máximo histórico, e o Dow Jones valoriza 1,28% para os 26.412,65 pontos, ficando a cerca de 11% do máximo histórico. Já o Nasdaq está muito perto de superar o máximo atingido a 10 de junho ao somar 0,94% para os 10.036,75 pontos no arranque da última sessão da semana.

Um dos setores em destaque é o da energia após o petróleo ter subido para lá dos 42 dólares em Londres com a promessa de cortes na oferta por parte dos produtores do “ouro negro”. Cotadas como a Occidental Petroleum e a Devon Energy sobem mais de 4%.

A nossa expectativa é que as cotadas continuem a subir, na sequência da política monetária expansionista muito agressiva, na política orçamental expansionista e a contínua reabertura da economia mundial com alguns contratempos temporários”, antecipa o analista Sebastien Galy, da Nordea Asset Management, em declarações à Reuters.

A sessão desta sexta-feira promete também ser ainda mais volátil, acima da volatilidade que já se tem verificado nos mercados financeiros nos últimos meses, por causa da “bruxaria quádrupla” (quadruple witching, em inglês). Tal acontece quando vencem vários contratos de futuros e opções em simultâneo. Este fenómeno ocorre todas as terceiras sexta-feiras dos meses de março, junho, setembro e dezembro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street sobe em dia de volatilidade da “bruxaria quádrupla”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião