Trump diz que Huawei é detida e controlada por forças militares chinesas

Em causa estará um documento do departamento de Defesa norte-americano, onde constam 20 empresas que operam nos Estados Unidos e que Washington alega serem apoiadas pelas forças armadas chinesas.

A administração de Donald Trump concluiu que algumas das empresas chinesas mais proeminentes, como a gigante Huawei e a Hikivision, são detidas e controladas pelas forças militares chinesas, o que poderá abrir caminho à aplicação de novas sanções financeiras.

Em causa está um documento do departamento de Defesa norte-americano, onde constam 20 empresas que operam nos Estados Unidos e que Washington alega serem apoiadas pelas forças armadas chinesas, revela a Reuters (acesso livre). Além da Huawei e a Hikivision, a lista inclui o China Mobile Communications Group, a China Telecommunications Corp, bem como a fabricante de aeronaves Aviation Industry Corp da China.

No ano passado, a administração de Donald Trump já tinha posto a Huawei e a Hikivision na “lista negra” do comércio por considerar que são uma ameaça à segurança nacional. Desde então, os Estados Unidos têm tentado convencer outros países a excluir a Huawei das redes 5G.

A criação da lista em causa aconteceu ao abrigo de uma lei de 1999, que permite ao departamento da Defesa indicar que empresas chinesas apoiadas pelas forças militares chinesas operam nos Estados Unidos. Tal não implica a aplicação de coimas, mas pode motivar o bloqueio das propriedades das empresas indicadas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Trump diz que Huawei é detida e controlada por forças militares chinesas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião