Episódio #27 do ECO Insider. “O dia em que voltaram as nacionalizações”

  • ECO
  • 5 Julho 2020

Os jornalistas Pedro Santos Guerreiro e António Costa analisam, no podcast do ECO Insider, as decisões tomadas pelo Governo sobre a TAP e a Efacec.

No Episódio #27 do ECO Insider, os jornalistas Pedro Santos Guerreiro e António Costa analisam as decisões que o Governo anunciou esta semana, relativamente a duas empresas nacionais, a TAP e a Efacec. São duas nacionalizações, uma negociada, apesar de não a chamarem assim, e outra por decreto.

Os jornalistas antecipam também os riscos das operações, em que, por coincidência, o Governo fica com pouco mais de 70% do capital das duas empresas. No caso da TAP, existem ainda várias dúvidas em relação ao futuro da companhia aérea, nomeadamente sobre a gestão, depois de Antonoaldo Neves ser “despedido” na conferência de imprensa em que o acordo foi anunciado, perante os portugueses que assistiam.

Quanto à Efacec, existem riscos para o caso de a operação não correr como o previsto, que poderão envolver, por exemplo, um processo da empresária angolana Isabel dos Santos contra o Estado. Neste episódio, ainda houve tempo para sinalizar o sentido de humor do Governo em tempos de crise. A propósito de quê? Do aumento de oito cêntimos definido para os advogados oficiosos.

Nota: Ouça o podcast do ECO Insider nas principais plataformas, como o Spotify e o Apple Podcasts.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Episódio #27 do ECO Insider. “O dia em que voltaram as nacionalizações”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião