Ações da Kodak sobem mais de 300% em dia de ganhos em Wall Street

As ações da Kodak dispararam mais de 300%, levando o preço dos títulos de 2,6 dólares para os 33 dólares. Mas foi o setor tecnológico que garantiu ganhos em Wall Street na sessão de hoje.

Sem surpresas da Fed e com o setor tecnológico a valorizar, Wall Street fechou esta quarta-feira em alta. Mesmo com uma audição histórica no congresso norte-americano, as ações do Facebook, Amazon, Apple e Alphabet (Google) subiram mais de 1%, continuando entre as cotadas com melhores desempenhos bolsistas em 2020.

O Dow Jones subiu 0,62% para os 26.542,04 pontos e o S&P 500 avançou 1,25% para os 3.258,6 pontos. Já o Nasdaq, que ontem protagonizou as maiores quedas, valorizou 1,35% para os 10.542,94 pontos.

Além do setor tecnológico, o destaque da sessão vai para a Kodak. A cotada historicamente ligada ao mundo da fotografia viu as suas ações dispararem após uma notícia de que vai passar a produzir ingredientes farmacêuticos. Em causa está um empréstimo do Governo federal, no valor de 765 milhões de dólares, que será dado à empresa para contribuir no esforço do EUA de reduzirem a dependência de medicamentos de farmacêuticas estrangeiras.

As ações da Kodak dispararam mais de 300%, passando de negociar perto dos 2,6 dólares por título para a casa dos 33 dólares, tendo chegado a tocar num máximo intradiário de 46 dólares. Esta é a reação dos investidores à expectativa de lucros que a empresa vai ter por causa deste acordo com o Governo dos EUA.

A influenciar os mercados esteve também a Reserva Federal norte-americana que decidiu manter os juros inalterados, tal como os analistas esperavam. Contudo, a Fed deixou um alerta: “Após fortes quedas, a atividade económica e o emprego têm recuperado de alguma forma nos últimos meses, mas mantêm-se muito abaixo dos níveis registados no início do ano”. Esta é uma frase nova que os responsáveis da política monetária dos EUA incluíram no comunicado onde reforçam a ideia de que estão prontos a agir e a usar as ferramentas necessárias para ajudar a economia.

Na conferência de imprensa, o presidente da Fed, Jerome Powell, esclareceu que há sinais de que o aumento do número de infetados está a afetar a capacidade de recuperação da economia norte-americana. Apesar de reconhecer a desaceleração da recuperação económica, o presidente da Fed referiu que é cedo para saber se este efeito é duradouro.

Os mercados aguardam também mais informação económica numa altura em que se vê sinais de aumento de casos nos EUA e de uma nova desaceleração da atividade económica. Esta quinta-feira será revelada a primeira estimativa da contração do PIB no segundo trimestre.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ações da Kodak sobem mais de 300% em dia de ganhos em Wall Street

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião