Escândalo da Wirecard pode obrigar a revisão da supervisão na UE, avisa Dombrovskis

  • ECO
  • 2 Agosto 2020

Dombrovskis considera que o colapso da fintech alemã mostra que as tentativas anteriores em Bruxelas de reforçar controlos financeiros foram "oportunidade perdida" e que é necessário mais um empurrão.

O escândalo da Wirecard pode desencadear uma reformulação sobre a forma como a União Europeia (UE) realiza a supervisão financeira, disse o vice presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, em declarações ao Financial Times (acesso pago). Segundo Dombrovskis, o colapso da fintech alemã mostra que as tentativas anteriores em Bruxelas de reforçar os controlos financeiros foram uma “oportunidade perdida” e que é necessário mais um empurrão nesse campo.

Estamos a analisar como podemos fortalecer o sistema para evitar que esse tipo de situação aconteça novamente”, disse o responsável europeu, acrescentando que a UE também está a considerar regulamentações mais rígidas para comités de auditoria.

Quando a Wirecard avançou com o pedido de insolvência em junho, após identificada a falta de 1,9 mil milhões de euros em dinheiro, o escândalo violou “todas as três linhas de defesa” destinadas a proteger os investidores da UE, disse Dombrovskis: regulamentação e corporate governance, auditores e supervisão por parte das autoridades públicas.

Dombrovskis disse ainda que os esforços que levaram à reformulação da Associação Europeia de Valores Mobiliários e Mercados (ESMA) em 2017, bem como das entidades “irmãs”, foram diluídos pelos governos nacionais.

O vice presidente da Comissão Europeia disse ainda “ser necessário investigar e serem retiradas conclusões sobre o caso concreto” da Wirecard.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Escândalo da Wirecard pode obrigar a revisão da supervisão na UE, avisa Dombrovskis

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião