Wirecard avança com pedido de insolvência após desaparecimento de dois mil milhões de euros

Após o desaparecimento de dois mil milhões de euros das contas, a fintech alemã, cujo antigo CEO foi detido pelas autoridades germânicas, avançou com um processo de insolvência.

A Wirecard pediu insolvência. A fintech germânica deu início ao processo depois de ter sido descoberto um buraco nas contas num valor de dois mil milhões de euros, dinheiro que segundo a empresa pode nem nunca ter existido.

O processo de insolvência avança, segundo a Reuters, depois de a empresa ter anunciado que estava a estudar um conjunto de possíveis medidas de forma a assegurar a continuação das operações, que incluíam a redução de custos restruturação, venda ou fecho de unidades de negócio.

A decisão surge depois de o antigo CEO da Wirecard, Markus Braun, ter sido detido em Munique. As autoridades alemãs investigam Braun por suspeitas de ter prestado informações falsas sobre o desaparecimento de dois mil milhões de euros das contas da empresa que liderou durante 20 anos.

Em causa está um buraco na empresa de pagamentos encontrado pela auditora EY, que se recusou a assinar as contas. O montante representava cerca de um quarto do balanço da Wirecard e a informação disponível indicava que os fundos estariam no sistema financeiro das Filipinas, para facilitar a concretização de operações com outras empresas.

Contudo, no domingo, as autoridades financeiras do país consideraram provável que esse dinheiro não exista ou sequer tenha entrado no sistema financeiro filipino. A própria empresa, já com uma nova equipa de gestão, disse o mesmo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wirecard avança com pedido de insolvência após desaparecimento de dois mil milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião