Bruxelas avisa EUA que ameaça de novas tarifas prejudica “ambos os lados do Atlântico”

"[A ameaça de novas tarifas aduaneiras] cria incerteza para as empresas e inflige danos económicos desnecessários em ambos os lados do Atlântico", diz fonte da Comissão Europeia.

Depois de a administração de Donald Trump ter anunciado estar a ponderar impor novas tarifas aos produtos de origem europeia, Bruxelas salienta que tais declarações criam incerteza na vida das empresas e infligem “danos económicos desnecessários em ambos os lados do Atlântico”.

“[A ameaça de novas tarifas aduaneiras] cria incerteza para as empresas e inflige danos económicos desnecessários em ambos os lados do Atlântico”, salienta uma fonte do Executivo comunitário, citada pelo Financial Times (acesso pago), esta quinta-feira. “Ao fazer mira potencialmente a novos produtos, os Estados Unidos estão a exacerbar o impacto negativo face aos custos destas novas disrupções nas cadeias de abastecimento”, acrescenta a mesma fonte.

A administração liderada por Donald Trump anunciou, na terça-feira, estar a ponderar impor novas taxas alfandegárias a produtos de origem europeia no valor de 3,1 mil milhões de dólares (cerca de 2,7 mil milhões de euros). Em causa estão artigos tão variados como cerveja produzida na Alemanha e camisolas fabricadas em França.

Este novo capítulo nas tensões comerciais transatlânticas foi motivado, de resto, por um desacordo quanto aos subsídios públicos atribuídos às fabricantes aéreas, em particular à Boeing e à Airbus. E os esforços feitos no sentido de um acordo sobre esta questão não têm sido bem-sucedidos.

Apesar de ainda não ser conhecida a posição concreta dos Estados Unidos — isto é, se avançam ou não com as tarifas adicionais –, as ameaças recentes complicam as relações entre Bruxelas e Washington ao mesmo tempo que prejudicam a vida das empresas já mais fragilizadas pela pandemia de coronavírus.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bruxelas avisa EUA que ameaça de novas tarifas prejudica “ambos os lados do Atlântico”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião