Primeiro foram as máscaras que inativam o vírus. O que se segue?

Em entrevista, Diana Teixeira Pinto, Responsável de Marketing e E-commerce da MO, explica como a marca entrou na chamada moda protetora, em tempos de pandemia.

Enquanto o país entrava em confinamento, na MO as equipas de design e de desenvolvimento de produtos continuaram a inovar. O primeiro passo e que já chegou ao mercado é a máscara MOxAdTech, que superou com sucesso os testes realizados pelo Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM), e a tornam na primeira máscara com capacidade de inativar o vírus que causa a COVID-19.

Totalmente “made in Portugal”, o projeto resulta da cooperação entre a comunidade empresarial, académica e científica. Diana Teixeira Pinto, responsável de Marketing e E-commerce da MO, marca do grupo Sonae, explica o processo e como a pandemia levou a marca de moda a desafiar-se e a inovar no mercado.

Uma inovação que pode não ficar por aqui, já que na sede da empresa, o tema da moda protetora, uma tendência internacional, está em cima da mesa de trabalho, como nos conta ">nesta entrevista.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Primeiro foram as máscaras que inativam o vírus. O que se segue?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião