ADSE propõe aumento “significativo” dos preços dos dentistas

  • ECO
  • 19 Agosto 2020

A proposta da ADSE para as novas tabelas de preços prevê um "aumento significativo" dos valores cobrados nos atos de medicina dentária no regime convencionado.

Além de um aumento no preço das consultas, a proposta das novas tabelas de preços feita pelo Conselho Diretivo da ADSE traz “aumentos significativos” em quase todos os preços ligados à medicina dentária praticados pelos dentistas com as quais o sistema público tem acordo, isto é, no regime convencionado. Esta nota faz parte do parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS), citado esta quarta-feira pelo Jornal de Negócios (acesso pago).

Esse documento refere que está em cima da mesa um aumento de preço em 59 dos 62 atos, mas não dá mais detalhes. O Jornal de Negócios teve, contudo, acesso a uma análise comparativa que ilustra a variação proposta nalguns desses atos. Por exemplo, nas restaurações, prevê-se uma subida de 39% do encargo da ADSE e 9% do beneficiário. São mais 18,75 euros e 6,25 euros, respetivamente.

Segundo tem defendido a ADSE, este aumento dos preços serve dois propósitos: remunerar “devidamente” alguns cuidados cujos preços estão desatualizados e criar condições para cativar mais prestadores para a rede convencionada. De resto, as novas tabelas têm ainda de ser negociadas com os prestadores privados, podendo ser alteradas antes de serem aprovadas pela tutela.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

ADSE propõe aumento “significativo” dos preços dos dentistas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião