Messi anuncia que continua no FC Barcelona para evitar os tribunais

  • Lusa
  • 4 Setembro 2020

“Jamais iria para tribunal contra o clube da minha vida. Por isso, vou ficar no FC Barcelona”, disse Lionel Messi.

O internacional argentino Lionel Messi anunciou que vai continuar mais uma época ao serviço do FC Barcelona, uma dezena de dias depois de largar uma bomba no clube, ao anunciar o desejo de sair.

“Jamais iria para tribunal contra o clube da minha vida. Por isso, vou ficar no FC Barcelona”, disse Lionel Messi, numa entrevista ao portal Goal.com, afirmando a sua intenção de cumprir o ano de contrato que lhe resta, em 2020/21.

Messi adiantou que “disse ao presidente que queria sair”, não apenas agora, mas “ao longo de todo o ano”.

“Pensava que o meu tempo no FC Barcelona tinha, infelizmente, acabado, porque sempre quis acabar a carreira no clube. Foi um ano muito difícil, em que sofri muito nos treinos, nos jogos e no balneário”, afirmou o internacional argentino.

Ainda de acordo com Messi, o presidente do FC Barcelona, Josep Maria Bartomeu, ter-lhe ia dito que poderia sair do clube no final da temporada 2019/20.

“O presidente disse sempre que no final da época eu poderia decidir se queria ir ou ficar, mas, no final, ele não cumpriu a sua palavra”, afirmou o argentino.

Messi, “Bola de Ouro” em seis ocasiões e “Bota de Ouro” noutras tantas, comunicou em 25 de agosto ao FC Barcelona a sua intenção de sair, a custo zero, não tendo iniciado os trabalhos de pré-temporada da equipa agora comandada por Ronald Koeman.

Messi mostrou a intenção de abandonar o clube dias depois do desaire por 8-2 com o Bayern Munique, nos quartos-de-final da Champions 2018/19, e da decisão do clube em prescindir de Luis Suárez, Rakitic e Arturo Vidal.

Na última época, o FC Barcelona não conquistou qualquer troféu, o que já não acontecia desde 2007/08, num ano que começou com Ernesto Valverde ao comando e acabou com Quique Sétien.

Há duas décadas no clube, Messi é, há muito, o melhor marcador da história do FC Barcelona, com um total de 643 golos, em 731 encontros, e conquistou um total de 33 títulos pelo clube da Catalunha, incluindo quatro Champions.

Desde 2004/05 na equipa principal, o argentino arrebatou ainda três edições do Mundial de clubes, três da Supertaça Europeia, 10 da Liga espanhola, seis da Taça do Rei e sete da Supertaça espanhola.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Messi anuncia que continua no FC Barcelona para evitar os tribunais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião