Saiba quem são os cinco novos secretários de Estado do Governo de Costa

Há cinco novas caras entre os secretários de Estado do Governo de António Costa. Mudanças vão dos ministérios da Saúde e Educação, em tempos de pandemia, até ao Mar.

Depois das mudanças nas Finanças, por causa da saída de Mário Centeno para o Banco de Portugal, o Governo vai avançar com uma remodelação dos secretários de Estado de vários outros ministérios, da Saúde e Educação, em tempos de pandemia, até ao Mar.

Há cinco saídas, entre elas as de Susana Amador e de Jamila Madeira. Há outras tantas caras novas, enquanto Lacerda Sales ganha poder no ministério de Marta Temido.

Veja quem são os novos secretários de Estado

Vice-presidente da ACSS substitui Lacerda Sales na Saúde

Com a saída de Jamila Madeira, Lacerda Sales foi promovido, deixando um lugar vago. O Governo de Costa escolheu Diogo Serras Lopes para o ocupar, sendo este o novo secretário de Estado da Saúde.

Licenciado em economia, o antigo jornalista revista “Economia Pura” enveredou pela gestão de ativos, tento passado pelo Santander e o Best, até chegar à CMVM. Em 2015 começou a sua ligação ao Governo de Costa, primeiro como adjunto no Gabinete da Secretária de Estado Adjunta do Primeiro-Ministro do XXI Governo Constitucional. “Entre agosto de 2017 e abril de 2019 foi designado assessor para as questões económicas no Gabinete do Primeiro-Ministro do XXI Governo Constitucional”, refere a nota biográfica do Executivo.

De assessor, Diogo Serras Lopes passou recentemente a um cargo de quase liderança de uma entidade pública. “Em abril de 2019 foi nomeado para o cargo de vice-presidente do conselho diretivo da Administração Central do Sistema de Saúde“.

Inês Ramires, ex-chefe de gabinete, chega a Secretária de Estado da Educação

Susana Amador vai ceder o lugar de Secretária de Estado da Educação a Inês Ramires, que já tinha desempenhado as funções de Chefe do Gabinete do Ministro da Educação do XXI Governo Constitucional.

A jurista, sendo Mestre, em Direito Público, que chegou a ser consultora na BAS, Sociedade de Advogados, nas áreas de Direito da Função Pública, Direito do Trabalho e Direito Administrativo, já tinha trabalhado com os Executivos de Sócrates e Passos.

Foi consultora do Centro Jurídico da Presidência do Conselho de Ministro, adjunta do Gabinete do Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros no XVII Governo Constitucional, adjunta e assessora do Gabinete do Secretário de Estado da Administração Pública do XVII e do XVIII Governos Constitucionais, e colaboradora, através de assessoria técnica, com o Gabinete do Secretário de Estado da Administração Pública do XIX Governo Constitucional.

Chefe de gabinete de Pedro Nuno Santos assume Comunicações

Natural do Porto, Hugo Santos Mendes substitui Alberto Souto de Miranda no cargo de secretário de Estado Adjunto e das Comunicações. Era chefe de gabinete do ministro Pedro Nuno Santos.

É licenciado em Sociologia, mestre em Políticas Públicas e tem dois doutoramentos, um em Sociologia em Warwick e outro em Ciência Política no ISCTE.

Assessorou a ministra da Educação entre 2006 e 2009 e foi adjunto do Secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro entre 2009 e 2011, tendo ainda desempenhado funções de assessor do grupo parlamentar do PS na Comissão de Orçamento, Finanças e Administração Pública entre 2011 e 2015.

Vice-presidente do grupo parlamentar do PS na Habitação

Natural do concelho de Caminha, Marina Gonçalves, com 32 anos, é vice-presidente do grupo parlamentar do PS, acompanhando os dossiês da habitação, trabalho e Segurança Social. Foi eleita pelo círculo de Viana do Castelo.

A nova secretária de Estado da Habitação é licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade do Porto e mestre em Direito Administrativo.

Depois de estagiar na área da advocacia, Marina Gonçalves iniciou funções de assessora do gabinete do Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares em 2015.

Foi ainda assessora do grupo parlamentar do PS e desempenhou várias funções, incluindo a de chefe de gabinete do ministro das Infraestruturas e da Habitação.

Presidente da Docapesca assume secretaria de Estado das Pescas

Nascida em 1970 e natural da Nazaré, Teresa Coelho assume a pasta de secretária de Estado das Pescas. Desde 2016, era presidente do Conselho de Administração da Docapesca.

É licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e concluiu o mestrado em Gestão de Recursos Humanos na Escola Superior de Gestão de Paris.

É advogada desde 1995. Entre 1996 e 2002, foi adjunta e chefe de gabinete do Secretário de Estado das Pescas. Entre 2005 e 2008, exerceu as mesmas funções junto do Secretário de Estado da Administração Interna e da Proteção Civil e o equivalente em 2008 na secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e das Florestas.

No currículo conta ainda com o cargo de subdiretora-geral das Pescas e Aquicultura entre 2010 e 2012 e foi diretora do gabinete de Auditoria Interna da Docapesca.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Saiba quem são os cinco novos secretários de Estado do Governo de Costa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião