Dados do desemprego nos EUA desanimam Wall Street

Dados piores do que o esperado relativamente ao mercado laboral nos Estados Unidos penalizam o sentimento em Wall Street.

Wall Street prolonga as quedas da sessão anterior, num dia em que os investidores estão desanimados com os dados do mercado laboral nos EUA. Um aumento acima do esperado nos pedidos semanais de subsídio de desemprego sinalizou que a recuperação do mercado de trabalho está a abrandar e que mais apoios serão necessários para evitar mais despedimentos.

Os pedidos de subsídio de desemprego semanais nos EUA foram piores do que o esperado. Os primeiros pedidos de apoio totalizaram os 870.000 na semana que terminou a 19 de setembro. Já o grupo dos pedidos contínuos, que receberam apoio pelo menos duas vezes consecutivas, diminuiu ligeiramente, mas mesmo assim ficou acima do previsto.

O industrial Dow Jones cai 0,18%, para 26.716,09 pontos, enquanto o S&P 500 recua 0,33%, para 3.226,14 pontos. Já o tecnológico ​Nasdaq perde 0,77%, para 10.551,02 pontos.

Nas quedas, destaque para a IBM, que recua 1,54%, para os 116,99 dólares, e para a Boeing, que cai 2,44%, para os 147,57 dólares. Nota também para a Tesla, que continua a desvalorizar, depois do evento dedicado às baterias. As ações da fabricante de carros elétricos perdem 2,89%, para os 369,36 dólares.

Já as tecnológicas arrancaram o dia em queda, mas rapidamente inverteram a tendência. A Apple ganha 1,06%, a Amazon sobe 0,84% e a Alphabet, dona da Google, avança 0,93%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dados do desemprego nos EUA desanimam Wall Street

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião