Vendas online da Ikea triplicam em Portugal com a pandemia

A Ikea Portugal viu as vendas online triplicarem em Portugal no ano fiscal que terminou em agosto, um período marcado pela pandemia. As vendas totais caíram 8,2% face ao ano anterior.

A pandemia trocou as voltas à generalidade das empresas, mas a Ikea conseguiu registar, mesmo assim, o que considera ter sido “um bom desempenho” em Portugal. O destaque vai para a subida expressiva nas vendas através da internet.

No total, incluindo as lojas físicas, as vendas da Ikea Portugal alcançaram 438 milhões de euros entre setembro de 2019 e agosto de 2020. É, contudo, uma quebra de 8,2% face ao ano fiscal anterior, mas que não impede a empresa de considerar que este “ano atípico” permitiu, mesmo assim, gerar resultados satisfatórios.

“Apesar do período difícil e extraordinário que atravessamos, os nossos resultados traduzem a resiliência do negócio Ikea e a relevância da marca na vida das pessoas. Apesar do encerramento temporário das nossas lojas, e do impacto que teve no nosso negócio, a Ikea conseguiu manter um bom desempenho”, afirma o administrador financeiro Ricardo Pereira. “É por isso que estamos confiantes no futuro”, salienta, citado em comunicado.

O país foi mesmo “um dos mercados que mais cresceu” em comércio online para a empresa, registando um valor anual de vendas digitais de 66,5 milhões de euros. É um montante três vezes superior ao do ano fiscal anterior (o ano fiscal da Ikea começa em setembro e termina em agosto do ano civil seguinte), informa a empresa na mesma nota.

Para o novo ano fiscal, a empresa já traçou várias metas, desde o reforço do investimento em “redução de preços” e melhoria dos “canais digitais”. A marca pretende ainda amplificar ” a oferta de serviços internos com parcerias externas”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Vendas online da Ikea triplicam em Portugal com a pandemia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião