Wall Street com subida tímida à espera de estímulos

Apenas o tecnológico Nasdaq cede perante a pressão em torno das big tech. Bolsas americanas respiram de alívio depois de Donald Trump ter regressado à Casa Branca.

Com Trump já instalado de novo na Casa Branca, após ter sido hospitalizado devido à infeção por Covid-19, Wall Street volta a subir, ainda que de forma ligeira, na sessão desta terça-feira, com os investidores à espera de desenvolvimentos em relação a uma nova ronda de estímulos.

Nancy Pelosi, a presidente da Câmara dos Representantes, falou por telefone esta segunda-feira com o secretário de Estado do Tesouro, Steven Mnuchin, a propósito de novas medidas de alívio para as famílias e empresas e ambos deverão voltar a entrar em contacto esta terça-feira.

“Os investidores estão mais esperançosos com um acordo com os deputados em torno de um novo pacote de estímulos”, disse Art Hogan, da National Securities, citado pela agência Reuters.

Neste cenário, o S&P 500 está a subir cerca de 0,09% para 3.411,54 pontos e o industrial Dow Jones ganha 0,27%. Em sentido contrário, o tecnológico Nasdaq apresenta uma queda de 0,13%.

As grandes tecnológicas como Amazon, Apple e Facebook, que têm dominado a recuperação em Wall Street nas últimas semanas, cedem entre 0,8% e 1%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street com subida tímida à espera de estímulos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião