Espanha espera criar 800.000 empregos nos próximos três anos com a ajuda dos fundos europeus

  • Lusa
  • 7 Outubro 2020

O Governo espanhol quer mobilizar 72 mil milhões de euros para “recuperar e modernizar” o país nos próximos três anos. O primeiro plano de ação deverá permitir um aumento de 2,5% do PIB espanhol.

O Governo espanhol vai mobilizar 72 mil milhões de euros nos próximos três anos, com a ajuda dos fundos europeus, para “recuperar e modernizar” o país, prevendo a criação de 800.000 empregos, anunciou o primeiro-ministro espanhol.

Pedro Sánchez apresentou esta quarta-feira o Plano de Recuperação, Transformação e Resiliência para reanimar a economia do país e canalizar os 140 mil milhões de euros que a Espanha vai receber entre 2021 e 2026.

“O plano vai ajudar a rejuvenescer o nosso tecido produtivo”, assegurou Sánchez que traçou também como objetivo a criação de 800.000 empregos nos primeiros três anos do plano.

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/desemprego-em-espanha/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”900″ slug=”desemprego-em-espanha” thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/desemprego-em-espanha/thumbnail?version=1596664888039&locale=pt-PT&publisher=eco.pt” mce-placeholder=”1″]

O chefe do Governo revelou que o executivo vai “mobilizar” e “concentrar” 72 mil milhões de euros nos primeiros três anos do programa (2021-2023), avançando com esse dinheiro independentemente de quando os fundos comunitários forem libertados por Bruxelas.

O plano apresentado irá, segundo as previsões de Madrid, permitir um aumento de 2,5 pontos percentuais ao PIB (Produto Interno Bruto) nos primeiros três anos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Espanha espera criar 800.000 empregos nos próximos três anos com a ajuda dos fundos europeus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião