Ageas reforça promoção de seguros saúde, auto e multiriscos

  • ECO Seguros
  • 8 Outubro 2020

Até ao fim do ano 31 de dezembro, os novos contratos vão ganhar uma bicicleta na compra de um seguro Multirriscos Habitação e Automóvel ou de Saúde.

A Ageas Seguros lançou uma nova campanha promocional para os clientes que comprarem em simultâneo um seguro Multirriscos Habitação e Automóvel ou um seguro de Saúde, podem ganhar uma bicicleta se subscreverem os seguros até 31 de dezembro.

“Esta nova campanha promocional permite-nos continuar a apostar na proteção dos nossos clientes e simultaneamente promover hábitos saudáveis” explica Alexandra Catalão, diretora de Marketing da Ageas Seguros.

A campanha promocional dirige-se a seguros novos (excluem-se as apólices de riscos já seguros na Ageas Seguros), subscritos por clientes particulares que comprem pelo menos 1 seguro multirriscos habitação e 1 seguro automóvel, ou 1 ou mais seguros de Saúde. As apólices em vigor com data de início e emissão no período da campanha, de 1 de outubro e 31 de dezembro de 2020, pagas até 31 de janeiro de 2021, por débito em conta.

Os seguros em campanha são o Casa Segura e seguro Multirriscos Habitação das Ordens e Associações e Profissionais com quem a Ageas Seguros tem protocolo e com valor total pago igual ou superior a 100 euros.
No automóvel é o Protec Ligeiros e automóvel das Ordens e Associações Profissionais com quem a companhia tem protocolo e veículos ligeiros com valor total pago igual ou superior a 100 euros. No caso da doença os produtos abrangidos são Saúde Família, Saúde Sénior ou Saúde Exclusive com valor total mínimo 200 euros.

A Ageas Seguros vai lançar uma operação de comunicação para suporte da campanha, designou-a “Para o seu mundo andar sobre rodas”, e conta com Filomena Cautela ,a cara habitual da marca a marcar presença em TV, Rádio e em meios digitais. A criatividade da Havas e estratégia de meios da Arena, foram ainda criados suportes de comunicação no sentido de realçar dicas de prevenção para andar de bicicleta em segurança.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ageas reforça promoção de seguros saúde, auto e multiriscos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião