Concorrência analisa compra do controlo da Global Media pelo Grupo Bel

  • Lusa
  • 13 Outubro 2020

Grupo Bel, de Marco Galinha, notificou a Autoridade da Concorrência da compra de uma participação de controlo na Global Media. Proposta visa o relançamento estratégico do grupo de comunicação.

O Grupo Bel, de Marco Galinha, notificou a Autoridade da Concorrência (AdC) da compra de uma participação de controlo na Global Media, dona da TSF, Diário de Notícias e Jornal de Notícias, entre outros títulos, segundo um aviso publicado.

“A operação de concentração em causa consiste na aquisição, pela Páginas Civilizadas, do controlo exclusivo da Global Notícias – Media Group e respetivas subsidiárias”, refere o aviso publicado na página do regulador.

A Páginas Civilizadas está presente em áreas de negócio como distribuição e vending de produtos de tabaco, indústria, automação, indústria aeronáutica e aeroespacial, inovação, tecnologia e comunicação, green transportation, imobiliário e mobiliário.

A mudança na dona do DN, através da entrada de Marco Galinha como acionista da Global Media, é feita através da Páginas Civilizadas, uma empresa veículo controlada pelo Grupo Bel, e foi anunciada em meados de setembro, tal como a Lusa noticiou.

“Esta parceria, que será formalizada após a conclusão dos devidos procedimentos, visa o relançamento estratégico de um dos principais grupos de referência da comunicação social em Portugal, num momento desafiante para o setor e para o país”, afirmou, na altura, a Global Media, dona do Diário de Notícias (DN), Jornal de Notícias (JN), TSF, entre outros títulos, e acionista da Lusa.

A Global Media Group (GMG) tem como acionistas a KNJ Global Holdings Limited, com 35,25%, José Pedro Carvalho Reis Soeiro, com 24,5%, Olivemedia, Unipessoal, Lda, com 19,25%, o Novo Banco, com 10,5%, e a Grandes Notícias, igualmente com 10,5%.

A administração da GMG é presidida por José Pedro Soeiro, que assumiu o cargo, com o fim do mandato de Proença de Carvalho, até à eleição do novo Conselho de Administração.

O grupo Bel, que apresentou uma proposta de compra da Media Capital em abril, foi fundado em 2001 por Marco Galinha e tem atividades em vários setores, entre os quais máquinas de vending (máquinas de venda automática) e aeronáutica, e entrou nos media em 2018, através do Jornal Económico.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Concorrência analisa compra do controlo da Global Media pelo Grupo Bel

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião