Acordo da Google com a Apple para motor de busca no centro de processo da Justiça dos EUA

Parceria entre Google e Apple entre argumentos da Justiça norte-americana para ação judicial contra gigante tecnológico por violar leis da concorrência.

O acordo da Google com a Apple para manter a posição como motor de busca predefinido para dispositivos iOS estará no centro de um recente processo do Departamento de Justiça norte-americano contra a gigante tecnológica. O processo por práticas anticoncorrenciais acusa a empresa de abuso de poder sobre a indústria de buscas na Internet.

O governo norte-americano diz que o CEO da Apple, Tim Cook, e o CEO do Google, Sundar Pichai, que não são citados no processo, se reuniram em 2018 para discutir como as empresas poderiam trabalhar juntas para impulsionar o crescimento da receita das pesquisas, avança o Wall Street Journal (acesso condicionado, conteúdo em inglês).

Embora as tecnológicas não se tenham pronunciado relativamente ao valor do acordo, o processo estima que este seja responsável por 15% a 20% dos lucros anuais da Apple. Em troca, o tráfego de buscas originado pela Apple soma metade do volume de buscas do Google, de acordo com as projeções do governo.

O negócio da Google com a Apple, bem como outras empresas, faz então parte do argumento do departamento de Justiça neste processo. Quanto à parceria com a Apple, o diretor jurídico do Google, num blog, disse que esta “não era diferente dos acordos que muitas outras empresas tradicionalmente usam para distribuir software”. A gigante tecnológica já adiantou que planeia contestar o processo, sendo que o litígio se deverá arrastar.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Acordo da Google com a Apple para motor de busca no centro de processo da Justiça dos EUA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião