BRANDS' ADVOCATUS Formação: Desafios da cibersegurança na advocacia

  • BRANDS' ADVOCATUS
  • 23 Outubro 2020

A B.Law promove no próximo dia 11 de novembro uma formação que pretende ajudar as sociedades de advogados a identificar, neutralizar e prevenir ameaças cibernéticas. Inscreva-se!

Sabia que 36% das sociedades de advogados em Portugal têm ratings melhoráveis no que toca ao risco cibernético? Sabia que 7% têm risco elevado?

A segurança da informação encontra-se indissociavelmente ligada à proteção de dados de pessoas, que estão na base do sucesso de qualquer organização. A implementação de uma cultura de proteção de dados pelos escritórios de advogados contribui para a confiança nas relações que se estabelecem com colaboradores, clientes e com o mercado em geral.

As sociedades de advogados e respetivos clientes estão a cuidar, cada vez mais, do seu ecossistema em matéria de cibersegurança. Implementar as boas práticas de segurança da informação (conforme os padrões internacionais) pode reduzir os riscos de segurança operacionais dos escritórios de advogados, melhorar a imagem e eficiência dos serviços e ainda suportar a conformidade com a nova legislação.

Atualmente, mas em especial no que toca a conhecimentos básicos de segurança de informação e seus conceitos elementares, temos que adquirir conhecimentos que nos permitam identificar, neutralizar e prevenir ameaças cibernéticas.

Serão estes os temas centrais desta formação, que estará a cargo de Ana Fazendeiro, Jurista, DPO, CEO da Protect Data, Ricardo Marques, EPD/DPO, Consultor e Auditor de SGS, e Pedro Sousa, Senior Business na Partneer & Managing Partner.

Programa

  • Proteção de dados e segurança de informação;
  • O impacto do artigo 32º “Segurança do tratamento” para as organizações;
  • Conceitos e os princípios da segurança da informação;
  • Recomendações e boas práticas na gestão da cibersegurança dos sistemas de Informação;
  • Risco Cibernético nas sociedades de advogados e respetivo ecossistema. Como é medido? Como podemos, detalhadamente, minimizar esse risco?;
  • Monitorizar e certificar as organizações e terceiros relacionados com a sociedade e/ou clientes para minimizar esse risco.

Quando

11 de novembro, das 14:00 às 17:30, via zoom

Preço

85€

Inscreva-se na formação Desafios da cibersegurança na advocacia e saiba como prevenir ameaças cibernéticas.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Formação: Desafios da cibersegurança na advocacia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião