Galp cai mais de 5% em bolsa. Já perdeu metade do valor este ano

As ações da Galp Energia estão em forte queda na bolsa. Só esta semana, em que revelou prejuízos, já desvalorizou 14% para mínimos de mais de uma década.

A Galp Energia GALP 5,37% está a perder valor em bolsa. Nos primeiros nove meses do ano passado, a petrolífera tinha lucrado 403 milhões de euros. Este ano, no mesmo período, perdeu 45 milhões de euros e está a ser castigada na bolsa.

Os resultados foram apresentados na segunda-feira, antes da abertura dos mercados, e deste então que a Galp não vê ganhos na praça portuguesa. Esta quarta-feira, a desvalorização ultrapassa 5% e os títulos já estiveram a cotar abaixo dos 7 euros.

Pelas 9h00, as ações negociavam precisamente nos sete euros cada título, um valor que não era visto há mais de uma década, desde o final de 2009. Além disso, só esta semana, depois de prestar contas aos investidores, a companhia liderada por Carlos Gomes da Silva já afundou 14% em bolsa.

Evolução das ações da Galp Energia em Lisboa:

Apesar do aumento da produção de petróleo este ano, a Galp Energia viu os preços da matéria-prima recuarem nos mercados internacionais. A pandemia e a “guerra” do petróleo fizeram mossa na empresa, que já perdeu mais de metade do seu valor desde 1 de janeiro.

Apesar deste cenário negro em tempos de crise, há quem veja uma oportunidade. Segundo a Reuters, esta quarta-feira, a Société Générale reviu em alta a sua recomendação sobre as ações da Galp Energia de “manter” para “comprar”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Galp cai mais de 5% em bolsa. Já perdeu metade do valor este ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião