Restauração e lojistas de Lisboa podem receber apoio até oito mil euros a fundo perdido 

  • ECO
  • 11 Novembro 2020

Empresas do comércio e restauração com quebras de 25% podem candidatar-se ao apoio. Os valores são para quatro meses variam entre os quatro e os oito mil euros, de acordo com a dimensão da empresa.

A Câmara de Lisboa vai atribuir às empresas da área do comércio e da restauração que registem quebras de 25% ou mais na sua faturação um apoio a fundo perdido até oito mil euros, avança o Jornal de Negócios (acesso pago).

Os apoios por parte da autarquia de Lisboa destinam-se a empresas com volume de negócios até meio milhão de euros e vão depender da sua dimensão. Empresas com faturação anual até aos 100 mil euros podem receber um apoio de quatro mil euros, empresas com faturações entre 100 mil e 300 mil euros receberão um apoio de seis mil euros e as que tenham um volume de negócios de 300 mil a 500 mil euros receberão no máximo oito mil euros.

O presidente da autarquia, Fernando Medina, explicou que o processo será muito pouco burocrático e realizado através de uma plataforma informática que está a ser adaptada para esse efeito e que o dinheiro será posto à disposição dos empresários o mais rapidamente possível. Para se candidatarem as instituições não podem ter dívidas ao Fisco nem à Segurança Social e anexar um documento do contabilista certificado a atestar a quebra de faturação entre janeiro e setembro em termos homólogos. O apoio será pago em duas tranches: dezembro de 2020 e fevereiro de 2021.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Restauração e lojistas de Lisboa podem receber apoio até oito mil euros a fundo perdido 

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião