Hoje nas notícias: Carta de condução, ISV e PSD

  • ECO
  • 16 Novembro 2020

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Em 2021 haverá mais de 1,4 milhões de pensões que não serão atualizadas. Na política, Moreira da Silva defende um congresso extraordinário no PSD após o acordo nos Açores. Enquanto isso, no que diz respeito à mobilidade, o Ministério das Infraestruturas não encontra a lista de reuniões das PPP rodoviárias, enquanto o PS defende um maior desconto nos carros importados. E a carta vai passar a poder ser apresentada apenas no telemóvel.

Quatro em dez pensões sem atualização em 2021

Mais de 1,4 milhões de pensões não vão ser atualizadas no próximo ano devido à ausência de crescimento económico e de inflação. Isto corresponde a cerca de 43% do universo de 3,3 milhões de pensões por reforma, invalidez e de sobrevivência. Para 2021, só as pensões mais baixas serão aumentadas, depois de o Governo se comprometido com o PCP, no âmbito das negociações do Orçamento do Estado para o próximo ano, com um aumento das pensões até 658,2 euros, a acontecer já em janeiro. Leia a notícia completa no Diário de Notícias

Moreira da Silva quer congresso extraordinário no PSD após acordo nos Açores

Moreira da Silva critica a atuação do PSD na solução governativa dos Açores envolvendo o Chega, considerando que se trata de uma “alteração radical do posicionamento ideológico e programático” e uma “traição” aos valores e princípios do PSD. Assim, o ex-ministro do Ambiente e ex-vice-presidente do PSD defende um congresso extraordinário “bem antes das eleições autárquicas e legislativas” para que se defina “a política de coligações e entendimentos” e se clarifique “a questão da identidade, não do PSD mas da sua atual direção”. Leia a notícia completa no Público (acesso pago)

Ministério das Infraestruturas não encontra lista de reuniões das PPP

O Ministério de Pedro Nuno Santos não encontra a lista das reuniões das Parcerias Público-Privadas (PPP) rodoviárias, que realizadas no Governo de José Sócrates, e que estão a ser investigadas pelo Ministério Público (MP). Quatro meses após o MP ter pedido informação, a chefe de gabinete do secretário de Estado das Infraestruturas informou o MP de que “não foi possível obter a informação pretendida apesar de todas as diligências realizadas”. Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago)

PS quer maior desconto nos carros importados

O PS apresentou uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado para 2021 para alterar o cálculo do Imposto sobre Veículos (ISV) de automóveis usados importados de países da União Europeia. Os socialistas pretendem que seja incluída a idade do veículo de forma quase idêntica tanto na componente ambiental como na componente de cilindrada. Desta forma, o PS atenua a tributação que é exigida a estes carros. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago)

Carta de condução vai poder ser usada apenas no telemóvel​

A carta de condução, assim como a documentação do automóvel, incluindo o seguro e a inspeção, vão passar a formato digital. Assim, quando os automobilistas forem parados por algum motivo, poderão mostrar estes documentos usando apenas o telemóvel. Se os polícias não tiverem meios eletrónicos de leitura, os condutores terão de ir mostrar os documentos pessoalmente à esquadra. Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (link indisponível)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Carta de condução, ISV e PSD

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião