Morreram 91 pessoas com Covid-19, um novo recorde. Há 3.996 novos casos

Nas últimas 24 horas, foram identificados 3.996 novos casos de Covid-19 em Portugal. Morreram 91 pessoas infetadas com a doença, um novo máximo diário.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) identificou 3.996 novos casos de infeção por Covid-19 em Portugal, elevando para 225.672 o número de infetados desde o início da pandemia. O número total de vítimas mortais subiu para 3.472, após terem sido registadas mais 91 mortes nas últimas 24 horas, um novo recorde diário.

O Norte continua a concentrar a grande maioria das novas infeções, com 2.063 novos casos. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo (+1.350) e o Centro (+462). O Alentejo registou 39 novos casos e o Algarve contabilizou 56. Nas regiões autónomas, os Açores têm dez novos casos, enquanto a Madeira detetou mais 16.

O número de pessoas em unidades de cuidados intensivos voltou a aumentar, ficando assim de novo em máximos de sempre. Há 3.040 pessoas em internamento em enfermaria geral (mais 111 que ontem) e 426 em internamento em unidades de cuidados intensivos, mais 11 que no balanço anterior, o pior dia desde o início da pandemia.

Há ainda 95.354 pessoas sob vigilância ativa das autoridades de saúde, por terem estado em contacto com outras pessoas entretanto diagnosticadas com Covid-19.

Boletim epidemiológico de 16 de novembro:

De salientar que os números totais de casos confirmados, recuperados e ativos “resultam de uma mudança no sistema de análise de dados”, adianta a DGS, no boletim. “A diferença diária nestes campos é calculada em relação aos dados do dia anterior. No entanto, os dados cumulativos foram atualizados historicamente, resultando em +4.375 casos confirmados, +13.529 casos recuperados e -9.154 casos ativos”, lê-se.

Assim, esta “atualização do número acumulado de casos confirmados traduz-se em +2.101 casos na região do Norte, +1.745 casos na região de LVT, +286 casos na região do Alentejo, +163 casos na região do Algarve, +52 casos na região da Madeira, +29 casos na região do Centro e -1 caso na região dos Açores”.

Desta forma, os números diários não foram afetados mas sim os totais acumulados desde o início da pandemia. A diretora-geral da Saúde explicou que estes casos foram identificados através da nova plataforma utilizada no sistema nacional de vigilância epidemiológica, sendo que “já constavam na base de dados, não tendo sido possível constatá-los no boletim” até agora, na conferência de imprensa.

Graça Freitas acrescentou ainda que a maioria dos casos são respeitantes ao início da pandemia, “foram do conhecimento local e tiveram o devido acompanhamento”.

(Notícia atualizada às 16h50)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Morreram 91 pessoas com Covid-19, um novo recorde. Há 3.996 novos casos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião