EUA dão “luz verde” ao primeiro teste à Covid para fazer em casa

  • ECO
  • 18 Novembro 2020

Kit aprovado nos EUA permite fazer a autoanálise ao novo coronavírus, mas é necessário que seja feita a prescrição do teste por parte de um médico.

A Food and Drug Administration (FDA), responsável pela aprovação de tratamentos médicos nos EUA, deu “luz verde” a um kit que vai permitir que qualquer pessoa possa fazer o teste em casa.

“Ainda que tenham sido já autorizados testes de diagnóstico que podem ser recolhidos em casa, este é o primeiro que pode ser autoadministrado e fornecer os resultados em casa”, diz a FDA, citada pela Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês).

Este kit descartável, que só poderá ser utilizado por pessoas com 14 ou mais anos, permite fazer a autoanálise ao novo coronavírus, mas é necessário que seja feita a prescrição do teste por parte de um médico.

O resultado positivo ou negativo à Covid-19 será conhecido ao final de apenas 30 minutos, de acordo com a fabricante deste teste rápido, a Lucira Health.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EUA dão “luz verde” ao primeiro teste à Covid para fazer em casa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião