Novo Banco, BCP e CGD avançam com ações contra empresa de Isabel dos Santos

  • ECO
  • 18 Novembro 2020

Novo Banco, BCP e a CGD avançaram com duas ações no valor de quase 29 milhões contra a Winterfell 2, sociedade detida por Isabel dos Santos e que controlava a maioria da Efacec, avança o Expresso.

Três dos maiores bancos portugueses — Caixa Geral de Depósitos, BCP e Novo Banco — avançaram esta quarta-feira com duas ações judiciais contra a Winterfell 2, sociedade detida por Isabel dos Santos e que controlava a maioria do capital da Efacec até à nacionalização da empresa, segundo avança o Expresso (acesso livre).

Em causa estão duas ações que chegam a quase 29 milhões de euros, com o intuito de assegurar o direito a uma futura a indemnização no âmbito da nacionalização da Efacec, uma vez que estas instituições financeiras tinham a possibilidade de penhorar ações da empresa, explica o jornal. Neste contexto, a ação apresentada pelos três bancos em conjunto ascende a 18,5 milhões de euros. A outra diz respeito a 10,3 milhões de euros e foi apresentada apenas pelo Novo Banco e BCP.

Segundo o Expresso, estes valores estão próximos do que os bancos concederam à Winterfell 2 para a compra da Efacec. Após o anúncio da nacionalização (decidida no seguimento do impasse acionista causado pelo Luanda Leaks), o Governo nomeou um avaliador independente para estipular o montante a pagar pelo Estado português pelos 72% da Efacec. Dentro desse processo estava incluída uma investigação a quem é o beneficiário último da participação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novo Banco, BCP e CGD avançam com ações contra empresa de Isabel dos Santos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião