Finanças “estupefactas” com PSD por causa do Novo Banco

  • ECO
  • 26 Novembro 2020

Finanças dizem que a postura do PSD revela "falta de sentido de Estado e de defesa dos interesses país”.

O PSD juntou-se à esquerda para impedir que seja feita qualquer transferência para o Novo Banco no próximo ano, decisão que surpreendeu o Ministério das Finanças.

Ao ECO, fonte oficial do ministério de João Leão diz que ficou “estupefacta” com “a posição do PSD, de completa irresponsabilidade” ao votar a favor da proposta do Bloco de Esquerda que impede que o Fundo de Resolução possa transferir dinheiro para o banco liderado por António Ramalho.

As Finanças dizem que a postura do PSD revela “falta de sentido de Estado e de defesa dos interesses país”.

O Fundo de Resolução terá de recapitalizar o Novo Banco em 2021 para que seja cumprido o contrato acordado aquando da venda ao fundo de investimento norte-americano Lone Star, que prevê que a cobertura de perdas com ativos tóxicos do BES até 3.890 milhões de euros.

Ao ser bloqueada esta verba, o Governo terá de apresentar um Orçamento Suplementar para acomodar o montante que o banco irá necessitar, tendo de conseguir fazê-lo passar no Parlamento.

Até agora foram injetados 2.976 milhões de euros, sendo que haverá necessidade fazer uma nova injeção em 2021 com base nas contas deste ano. Em meados do ano, o Novo Banco contabilizava em 186 milhões de euros as necessidades de capital. No entanto, com o agravar dos prejuízos para 800 milhões de euros até setembro poderá ter de pedir bem mais do que esse montante estimado no primeiro semestre.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Finanças “estupefactas” com PSD por causa do Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião