Só um terço das empresas recorreu ao teletrabalho, com 31% dos trabalhadores em casa

  • ECO
  • 26 Novembro 2020

Um inquérito feito pelo Ministério do Trabalho mostra que apenas um terço das empresas nacionais recorreu ao teletrabalho, sendo que colocaram apenas 31% dos trabalhadores em casa.

Um inquérito feito pelo Ministério do Trabalho, citado pelo Público (acesso pago), mostra que apenas um terço de mais de dez mil empresas não aderiram ao teletrabalho, mesmo depois de este ter passado a ser obrigatório com o novo estado de emergência. Entre o universo de empresas que aderiram, apenas 31% dos funcionários foram colocados a trabalhar a partir de casa.

Os números comprovam o que o primeiro-ministro referiu no fim de semana, durante o anúncio das medidas para a nova fase do estado de emergência, quando referiu o “grande incumprimento” do teletrabalho obrigatório. Os dados deste inquérito, apresentados esta quarta-feira, mostram ainda que só 24% das empresas de pequena dimensão (entre um a nove trabalhadores) declararam ter pessoas a trabalhar a partir de casa, enquanto nas empresas maiores essa taxa sobe para os 63% (entre 100 e 249 trabalhadores) e para os 87% (500 e mais trabalhadores).

Os setores onde o teletrabalho é mais adotado são os serviços de informação (representam 89% das empresas que aderiram ao teletrabalho), consultoria e programação informática (86%) e telecomunicações (83%). A distribuição destas empresas concentra-se nas áreas metropolitanas de Lisboa (32%) e do Porto (22%), mas também Coimbra (14%).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Só um terço das empresas recorreu ao teletrabalho, com 31% dos trabalhadores em casa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião