Tranquilidade dá tolerância de ponto por metade

  • ECO Seguros
  • 26 Novembro 2020

A companhia decidiu dar 1 tolerância de ponto a cada colaborador em uma das vésperas de 1 e 8 de dezembro. Lojas e escritórios estarão fechadas. O objetivo é mitigar riscos de contágio Covid-19

A Tranquilidade comunicou hoje aos colaboradores que irá conceder um dia tolerância de ponto em uma das próximas duas vésperas de feriado de 1 e 8 de dezembro.

Segundo uma comunicação interna distribuída aos colaboradores a companhia afirma que “será concedido ainda 1 dia de tolerância de ponto a cada colaborador, a 30 de novembro ou 7 de dezembro, mediante a gestão com as respetivas chefias, de forma a assegurarmos os nossos serviços mínimos“.

Fonte oficial da Tranquilidade confirmou esta decisão da empresa, referindo que “para além de mantermos o atual regime de trabalho remoto em vigor, decidimos promover o encerramento dos nossos escritórios e lojas nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro”.

Esta decisão surge num momento em que se iniciou um processo de otimização e redimensionamento dos recursos humanos cuja fase inicial assentará num processo de adesão voluntária aberto a todos os colaboradores que ao mesmo pretendam livremente aderir, embora sujeita à aprovação da Companhia. Segundo fontes sindicais numa primeira fase a redução de colaboradores será de 130, num universo Generali Portugal que conta com cerca de 1200 funcionários.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Tranquilidade dá tolerância de ponto por metade

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião