Virgílio Lima assegura que Banco Montepio “não está à venda”

  • ECO
  • 28 Novembro 2020

Em entrevista ao Dinheiro Vivo, o presidente da Associação Mutualista Montepio garantiu que o Banco Montepio "não está à venda", pois tem uma "dimensão estratégica para o grupo".

O presidente da Associação Mutualista Montepio, Virgílio Lima, afirma que o Banco Montepio Geral “tem para a associação um valor que não tem para nenhum outro acionista”. Por isso, não só “não está à venda” como “tem que ser detido por uma entidade do titular da economia social”.

Virgílio Lima admite que “houve alguma instabilidade nos últimos anos” e que o banco “não está imune à situação” da pandemia em que Portugal vive atualmente. No entanto, “tem condições de recuperação” e o valor “de 1.500 milhões” de euros em que foi avaliado, após revisão em baixa pelo auditor, é “desajustado”, afirmou, em entrevista ao Dinheiro Vivo.

Deste modo, o presidente da Mutualista descartou qualquer cenário de consolidação envolvendo o Montepio Geral: “O banco não está à venda exatamente por ter esta dimensão estratégica para o grupo”, diz, rejeitando que a associação ou o banco precisem de ajuda financeira: “O banco está capitalizado”, assegura.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Virgílio Lima assegura que Banco Montepio “não está à venda”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião