Apple e novos estímulos travam perdas em Wall Street

Num dia em que os principais índices de referência negoceiam junto da linha de água, a Apple, que planeia produzir um carro autónomo, e os novos estímulos impedem perdas.

Wall Street arranca a sessão a negociar junto da linha de água, numa altura em que os investidores continuam preocupados com a novo estirpe do vírus, que será mais transmissível do que a atual. No entanto, dados económicos animadores e a aprovação de um novo pacote de estímulos ajudam a travar perdas.

O crescimento do PIB dos EUA no terceiro trimestre foi revisto ligeiramente em alta, subindo 33,4% e confirmando que a economia norte-americana cresceu a um ritmo recorde nesse período, segundo a CNBC. Ainda assim, parece ter perdido o impulso conforme o ano chega ao fim, devido aos novos casos de Covid-19 e menos apoios.

Para além disso, foi finalmente aprovado pelo Congresso o novo pacote de estímulos para a economia, para fazer face aos efeitos da pandemia, no valor de 892 mil milhões de dólares. Apesar disto, continuam a persistir receios quanto à nova estirpe do vírus identificada no Reino Unido.

Perante este cenário, o S&P 500 abre inalterado, fixando-se nos 3.694,94 pontos, enquanto o industrial Dow Jones perde 0,13% para os 30.176,41 pontos. Já o tecnológico Nasdaq ganha 0,30% para os 12.780,60 pontos, impulsionado pela Apple.

Nos ganhos, destaca-se então a Apple, depois de notícias de que a fabricante do iPhone está a planear produzir um carro autónomo em 2024 ou 2025, incluindo uma nova e tecnologia que dará mais capacidade às baterias dos veículos. Os títulos da tecnológica avançam 1,89% para os 130,66 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Apple e novos estímulos travam perdas em Wall Street

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião