Governo investiu mais 311 milhões até novembro face a 2019

O Ministério das Finanças diz que o investimento público está a crescer 37,7% até novembro, nomeadamente na saúde e nos transportes públicos.

Sem contar com as parcerias público-privadas (PPP) de concessões rodoviárias, o investimento público cresceu 311 milhões de euros (o equivalente a 0,16% do PIB) até novembro, de acordo com os dados revelados por fonte oficial do Ministério das Finanças ao ECO esta terça-feira, em antecipação da divulgação da execução orçamental da próxima terça-feira, 29 de dezembro.

“O investimento público (excluindo PPP) até novembro registou uma forte aceleração: de 37,7% (+ 37,7%, +311 milhões de euros)”, revela o gabinete de João Leão, assinalando que “em comparação com o período homólogo cresceu de 825,5 milhões de euros para 1.136,8 milhões de euros”. Estes números até novembro representam uma pequena aceleração — e não “forte aceleração”, como diz o Ministério — do crescimento do investimento público uma vez que até outubro a subida era de 36,5%.

“Para esta aceleração contribuíram os grandes projetos de investimento estruturante nomeadamente nas infraestruturas de transporte público, como a ferrovia e os metros“, esclarecem as Finanças. Estes números referem-se à Administração Central e à Segurança Social, excluindo o investimento da administração regional e local, por exemplo.

Segundo os dados da Direção-Geral de Orçamento até outubro, o investimento estava a subir pela execução dos investimentos no âmbito do Ferrovia 2020, pela aquisição de equipamentos no setor da saúde para fazer face à pandemia, pelo pagamento do valor residual de um contrato de leasing operacional de material circulante por parte do Metropolitano de Lisboa e ainda a aquisição das aeronaves KC-390.

No caso específico da saúde, o investimento cresce 74% (mais 90,4 milhões de euros) até novembro, tendo já ultrapassado em setembro o total de todo o ano de 2019. No total, o investimento na saúde atingiu os 212,2 milhões de euros. Neste caso, houve aquisições de material médico para as Unidades de Cuidados Intensivos dos Hospitais efetuadas no âmbito do combate à pandemia.

Porém, sobre a saúde, apesar dos valores serem elevados face a anos anteriores, a execução ainda está aquém do orçamentado no Orçamento Suplementar. No total, em julho, a Assembleia da República autorizou um investimento no SNS de 436 milhões de euros em 2020, o equivalente a um aumento de 277 milhões de euros em 2020 face a 2019.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo investiu mais 311 milhões até novembro face a 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião