Nas notícias lá fora: Bitcoin, NYSE e Toys “R” Us

  • ECO
  • 5 Janeiro 2021

JPMorgan prevê que o bitcoin atinja os 146 mil dólares. Já Jack Ma, bilionário chinês responsável por ter fundado o Alibaba e o Ant Group, não é visto há mais de dois meses.

O JPMorgan prevê que a bitcoin continue a subir em bolsa, podendo alcançar os 146 mil dólares, enquanto a bolsa de Nova Iorque dá o dito por não dito: volta atrás na retirada da China Mobile Communications, da China Telecommunications Corp e da China Unicom (Hong Kong) Limited dos seus índices. Jack Ma, o fundador da Alibaba, está “desaparecido”, enquanto a Toys “R” Us Iberia sente os efeitos da pandemia, com quebras de 20% nas suas vendas.

Bloomberg

Bitcoin em recorde? JPMorgan vê moeda virtual nos 146 mil dólares

A bitcoin deu um salto no ano passado, registando uma forte valorização nos mercados internacionais que culminou num novo máximo histórico. Uma subida fulgurante, que continua este ano, mas que pode não ficar por aqui. O JPMorgan acredita que depois de superar a fasquia dos 30 mil dólares, a criptomoeda pode continuar a escalar em bolsa, apontando para um “preço-alvo” de 146 mil dólares no longo prazo.

Leia a notícia completa na Bloomberg (acesso pago, conteúdo em inglês)

Financial Times

Bolsa de Nova Iorque recua na retirada de três empresas chinesas

A NYSE tinha anunciado a retirada da China Mobile Communications, da China Telecommunications Corp e da China Unicom (Hong Kong) Limited dos seus índices, seguindo o decreto presidencial norte-americano de 12 de novembro, de proibição das transações sobre empresas acusadas de estarem relacionadas com o desenvolvimento da capacidade militar chinesa. No entanto, agora voltou atrás. Depois de “consultas com as autoridades reguladoras competentes”, recuou.

Leia a notícia completa no Financial Times (acesso pago, conteúdo em inglês)

Reuters

Irão retoma produção de urânio enriquecido acima do limite

O Irão iniciou o processo de produção de urânio enriquecido a 20%, acima do limite definido pelo pacto nuclear de 2015, anunciou o governo iraniano. “O processo de produção de urânio enriquecido a 20% começou no complexo de Shahid Alimohammadi (Fordo)”, localizado 180 quilómetros a sul de Teerão, disse o porta-voz do Executivo iraniano. Esta decisão coincide com o agudizar das tensões entre os Estados Unidos e o Irão, nos últimos dias do Presidente norte-americano, Donald Trump.

Leia a notícia completa na Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês).

El País

Vendas da Toys “R” Us em queda devido à pandemia

A pandemia afetou de forma expressiva uma das mais conhecidas cadeias de retalho de brinquedos, a Toys “R” Us. No ano passado, as vendas da empresa ibérica da empresa caíram, pelo menos, 20%. É uma quebra que vem complicar ainda mais a sua situação financeira, depois da filial ter conseguido subsistir à extinção da filial norte-americana da companhia, no ano de 2018. Desde então, as contas da Toys “R” Us Iberia têm estado em declínio, sendo já o quarto ano consecutivo de prejuízos para a empresa.

Leia a notícia completa no El País (acesso condicionado, conteúdo em espanhol).

Business Insider

Fundador do Alibaba e do Ant Group desaparecido?

Jack Ma, bilionário chinês responsável por ter fundado o Alibaba e o Ant Group, não é visto publicamente há mais de dois meses. Isto acontece depois de, no final do ano passado, os reguladores chineses terem-se proposto a investigar os negócios e práticas do Alibaba, o que resultou na introdução de medidas regulatórias que interromperam a oferta pública inicial que estava a ser realizada pelo Ant Group. Anteriormente, já outros empresários de destaque, como Ren Zhiqiang, que se dedicava ao mercado imobiliário, e Xiao Jianhua, gestor de ativos, também desapareceram após enfrentarem críticas dos reguladores chineses.

Leia a notícia completa na Business Insider (acesso livre, conteúdo em inglês).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nas notícias lá fora: Bitcoin, NYSE e Toys “R” Us

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião