DGS considera Marcelo contacto de baixo risco e exclui isolamento

  • ECO
  • 6 Janeiro 2021

A Direção-Geral da Saúde considerou o atual Presidente um contacto de baixo risco, permitindo-lhe não ficar em isolamento profilático. Marcelo irá, por isso, debater presencialmente com Ventura.

O Presidente da República não terá de ficar em isolamento profilático. A Direção-Geral da Saúde (DGS) considerou que o contacto entre Marcelo Rebelo de Sousa e o elemento infetado da Casa Civil foi de baixo risco, avança a SIC Notícias. O debate marcado para esta quarta-feira à noite com o líder do Chega, André Ventura, será presencial.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve com a pessoa infetada na segunda-feira durante um curto período de tempo e já realizou dois testes (antigénio e PCR) e em ambos o resultado deu negativo. Assim, a DGS considerou não haver risco. O Presidente estava em isolamento profilático do qual poderá sair.

O Chefe de Estado aguardava instruções das autoridades de saúde para estar presente no debate desta quarta-feira, às 21h na SIC, com André Ventura, para as eleições presidenciais. Até ao momento, o debate estava previsto de se realizar virtualmente.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

DGS considera Marcelo contacto de baixo risco e exclui isolamento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião