Johnson&Johnson pede autorização para uso da vacina em fevereiro

Será a quarta empresa com uma vacina em desenvolvimento a fazer o pedido de aprovação. União Europeia já assegurou 200 milhões de doses.

A vacina contra a Covid-19 da Johnson&Johnson fará o pedido de autorização para a comercialização já em fevereiro. A informação foi avançada esta quarta-feira pela Comissária Europeia para a Saúde e Segurança Alimentar, Stella Kyriakides, numa videoconferência do Partido Popular Europeu com ministros da Saúde.

Será a quarta empresa com uma vacina em desenvolvimento a fazer o pedido de aprovação. As empresas Pfizer e Moderna fizeram os pedidos em dezembro e já foram aprovadas pela Agência Europeia do Medicamento (EMA, sigla em inglês), tendo-se já iniciado a vacinação logo no final de 2020 com a vacina da Pfizer/BioNTech. Já na terça-feira, o regulador europeu recebeu o pedido de aprovação de vacina da AstraZeneca.

Ao contrário das vacinas já aprovadas, esta requer apenas a toma de uma dose. Os resultados finais deverão ser conhecidos no final deste mês depois de uma terceira fase de estudo que envolveu cerca de 45 mil pessoas.

A União Europeia negociou a compra de 200 milhões de doses da vacina da Johnson&Johnson. Cada dose terá um custo de cerca 8,50 dólares (cerca de 6,94 euros), de acordo com documento divulgado no Twitter por falha da ministra de Orçamento da Bélgica, Eva De Bleeker.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Johnson&Johnson pede autorização para uso da vacina em fevereiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião